Está de volta a Liga Empresarial após um longo período de pausa!

As primeiras equipas a entrar em competição foram as do grupo B, com os embates entre Cadeinor Vs Ramiro & Carvalho e Jocasori Têxteis Vs Akiestores.

A primeira partida colocou frente a frente Cadeinor e Ramiro & Carvalho.

Partida com duas partes distintas. Na primeira parte foi o Cadeinor a impor o seu jogo, entrando forte e a criar sempre mais perigo na baliza adversaria. A formação do Ramiro & Carvalho parecia mais desorganizada e com dificuldade de entrar no jogo. Com isto aproveitava o Cadeinor e em 20 minutos ganhava uma vantagem de 4 golos.

O treinador da equipa Ramiro & Carvalho aproveitou o intervalo para corrigir os erros da sua equipa e esta entrou bem diferente para a segunda parte, evidenciando mais organização, mais agressividade e, com a inspiração do seu número 15, Mateus Silva, alcançar dois golos que diminuíam a desvantagem e faziam acreditar que ainda era possível levar qualquer coisa do jogo. Á entrada para os últimos 5 minutos o Cadeinor conseguiu voltar a equilibrar e controlar o jogo e assim acabaria por chegar ao fim dos 40 minutos com a vantagem de dois golos.

O segundo jogo foi entre Akiestores e Jocasori Têxteis.

Jogo com um inicio estonteante resultando em 5 cinco golos nos primeiros 10 minutos da partida. O Jocasori Têxteis entrou a todo o gás e bem cedo (2 e 3 minutos) começou a ganhar vantagem no marcador com dois golos de Carlos Ribeiro e logo no minuto seguinte Carlos Salgado chega ao terceiro golo de vantagem. Parecia que seria um jogo fácil para o Jocasori, mas não, o Akiestores reagiu muito bem e em dois minutos reduziria a desvantagem para apenas 1 golo. Em vantagem o Jocasori Têxteis pareceu mais interessado em organizar-se defensivamente enquanto que o Akiestotes começa a ter mais posse de bola.

Na segunda parte a toada do jogo manteve-se, com a equipa do Akiestores a querer tomar conta do jogo e a procurar chegar á baliza adversaria. Flávio Neves parecia ser o homem mais avançado da equipa e este teve nos pés duas boas ocasiões para chegar á igualdade. Não marcou e, de contra ataque, foi mesmo o Jocasori Têxteis a voltar a marcar e a aumentar de novo a vantagem. O Akiestoteres arriscava cada vez mais, Flávio Neves ficava cada vez mais na frente e num bom lance coletivo acabaria mesmo por reduzir. Ate ao final o jogo foi partindo e as oportunidades de golo iam aparecendo para uma e outra equipa, mas a pontaria parecia desafinada. No final vitoria da equipa Jocasori Têxteis por quatro bolas a três.

 

5 Ideal da Semana:

Sérgio Lemos (Jocasori Texteis)

Mateus Silva (Ramiro & Carvalho)

Duarte Pereira (Cadeinor)

Flávio Neves (Akiestores)

João Feira (Cadeinor)

Leave a Reply