Esta segunda feira marcou o arranque da Taça Empresarial, com jogos emotivos e com muitos golos.

Infraspeak e Vanesp abriram a Taça Empresarial, com a Infraspeak a levar a melhor sobre a Vanesp por 7-3. Logo ao minuto 4, Pedro Tomaz conduz um ataque, coloca em Carlos Guedes que assiste ao segundo poste Gonçalo Freitas que faz o primeiro do jogo. Este golo deu tranquilidade à Infraspeak, mas a Vanesp sempre que possível tentava se aproximar da baliza da Infraspeak. Ao minuto 13, Luís Bessa aproveita uma transição rápida e na cara de Pedro Rodrigues, guarda-redes da Vanesp, desvia do seu alcance e faz o 2-0. Em cim do descanso, Ivo Soares conduz uma transição rápida e assiste Nuno Ribeiro para o golo da Vanesp, colocando o marcador em 2-1.

Na segunda parte, a Infraspeak entrou para resolver o jogo e contou com a ajuda de Luís Bessa, que em dois minutos marcou dois golos, completando assim o hat-trick. Ao minuto 25, Mário Silva ainda reduziu o marcador para a Vanesp, aproveitando uma série de ressaltos dentro da área da Infraspeak e coloca a bola na baliza. Carlos Guedes, como habitual, também fez o gosto ao pé, ao minuto 29, aproveitando uma situação de 3 contra o guarda-redes para fazer um golo fácil. Ao minuto 34, Carlos Guedes sofre falta de Pedro Rodrigues dentro da área. Pedro Tomaz assumiu a responsabilidade para cobrar a grande penalidade e colocou a bola dentro da baliza. O mesmo Pedro Tomaz, aproveitou uma excelente jogada coletiva, para fazer o 7-2. Sobre o apito final, Nuno Ribeiro reduziu para 7-3.

Bial e MyPartner protagonizaram o jogo mais equilibrado destes quartos-de-final, sendo só decidido nas grandes penalidades, com a Bial a levar a melhor por 3(3)-3(1). Diogo Martins abriu o marcador logo ao minuto 1, com um remate colocado pondo a Bial na frente do marcador. A MyPartner reagiu bem ao golo sofrido e foi tendo algumas oportunidades para empatar. Esse empate chegou ao minuto 7, com Renato Santos, num movimento típico de pivô, com um remate em rotação, fez o golo do empate. Renato Santos, dois minutos mais tarde, recupera a bola junto da área da Bial e remata de bico para dentro da baliza, colocando assim a MyPartner na frente. A Bial foi obrigada a subir o seu rendimento e contou com a ajuda de Pedro Silva a evitar o aumento da diferença no marcador. Ao minuto 17, Leandro Teixeira faz um remate rasteiro e empata o jogo. Sobre o apito do intervalo, Carlos Meneses recupera a bola na frente e assiste Diogo Martins que volta a colocar na frente a Bial.

Na segunda parte, a MyPartner não demorou muito tempo a chegar ao empate, com Rafael Pereira a aproveitar um livre em que a bola vai ao poste e na recarga coloca a bola dentro da baliza da Bial. Este golo e sendo um jogo a eliminar obrigou as equipas a jogarem com mais cautelas, pois um golo da equipa adversária podia corresponder à eliminação da competição. O jogo foi se arrastando, os guarda-redes foram conseguindo anular as boas oportunidades que as equipas tiveram e o jogo chegou às grandes penalidades. 

Nas grandes penalidades, a figura foi Pedro Silva que defendeu um remate e permitiu a Carlos Meneses fazer o remate decisivo para o apuramento da Bial.

A A400 confirmou o favoritismo e levou a melhor sobre a Chilltek Cold Engineering por 6-1. Apesar de limitada nas escolhas de jogadores a Chilltek até entrou melhor no jogo e abriu o marcador ao minuto 5 por Fernando Rocha, aproveitando um livre direto para fazer o golo. Mas a vantagem durou apenas um minuto, com Tiago Almeida a fazer um ligeiro desvio para a baliza. No minuto seguinte, Tiago Almeida coloca na frente a A400. Apesar destes dois golos rapidamente sofridos, a Chilltek manteve-se dentro do jogo e foi sempre que possível tentando se aproximar da baliza da A400. Mas em cima do descanso, Tiago Almeida completou o hat-trick, numa transição rápida, ficando o marcador em 3-1.

Na segunda parte, a A400 geriu a vantagem e o jogo, controlando quase sempre a posse de bola. Ao minuto 25, Vasco Monteiro, aproveita um livre para desviar a bola para dentro da baliza. Em cima do apito final, Tiago Almeida fez mais um golo e Carlos Moreira fechou as contas do marcador em 6-1.

5 Ideal da Semana

Pedro Silva – Bial

Tiago Almeida – A400

Luís Bessa – Infraspeak

Pedro Tomaz – Infraspeak

Renato Santos – MyPartner

Leave a Reply