Jolera – Transdev

 

Final emocionante, acaba em desempate nas grandes penalidades!

 

No jogo que decidia um do finalista da Liga de Inverno, foi a Transdev que iniciou melhor a partida e acabou por desperdiçar algumas oportunidades logo no início da partida. A Jolera foi crescendo com o decorrer da primeira parte, mas Rui Lourenço com um remate de longa distância deu a vantagem á Transdev. Em duas transições rápidas conduzidas por Tiago Soares, a Jolera completou a reviravolta na partida com alguma naturalidade, resultado que prevaleceu até ao intervalo.

Na segunda parte, a emoção tomou conta do jogo e as transições e jogadas rápidas viriam a sorrir á Transdev, que conseguiu reverter o resultado para 6-4 até aos últimos minutos da partida. A Jolera não nunca virou a cara á luta e acreditou que era possível levar a eliminatória para penaltis. Em menos de 1 minuto a Jolera faz dois golos, com Nuno Pedrosa e Tiago Soares, praticamente na última jogada do encontro empata a partida a 6 e leva o jogo para o desempate de grandes penalidades. No desempate a Jolera foi mais feliz com Rui Lourenço da Transdev, a ver o seu remate travado por Nuno Lima, guarda-redes da Jolera. A Jolera carimbou assim a sua passagem para da Liga Inverno.


Capwatt – GD Adira

 

Consistência defensiva, leva Capwatt á final!

 

No incio da eliminatória, a Capwatt assumiu a iniciativa de jogo, num jogo que estava muito trancado a e com as equipas a evitar cometer erros, enquanto o GD Adira tentava explorar as costas adversárias. Seria mesmo num erro que o GD Adira viria a aproveitar para inaugurar o marcador, com Luis Reis a assistir Tony Silva. A Capwatt foi á procura do empate, mas apesar da superioridade no jogo não conseguia materializar. A chegar ao fim da primeira parte, chegou o tão procurado golo do empate, com Tiago Padrão a assistir Pedro Vieira que encosta ao segundo poste.

Na segunda parte, a jogo manteve-se na mesma toada, com as equipas muito concentradas e um jogo muito trancado, até que ao minuto 25, Rui Silva com duas infantilidades, viu dois amarelos seguidos e deixa a Capwatt em inferioridade numérica durante 2 minutos. Mesmo em inferioridade a Capwatt manteve a sua baliza longe de perigo. Foi num momento de alguma turbulência no jogo, que Tiago Padrão com um remate de meia distância completa a reviravolta na partida. Até ao final da partida a Capwatt foi gerindo os tentos de jogo e acabaria mesmo por vencer. Está vitória permitiu á Capwatt ser finalista da Liga Inverno.


Equipa Ideal:

 

Guarda-redes

Nuno Lima – Jolera

 

Rui Lourenço – Trandev

 

Nuno Pedrosa – Jolera

 

Tiago Soares – Jolera

 

Tiago Padrão – Capwatt

Leave a Reply