Transdev e CPCIT4ALL abriram a segunda jornada com o resultado a ser favorável à CPCIT4ALL por 3-0. Num jogo onde a bola esteve sempre próxima das balizas, com os guarda-redes a serem os maiores protagonistas do jogo, negando constantemente o golo aos adversários. Ao minuto 6, Rúben Brizida tabela com Tiago de Sousa e surge na cara de Paulo Silva, guarda-redes da Transdev, e fez o primeiro para a CPCIT4ALL. Em desvantagem, a Transdev foi se aproximando da baliza adversária, mas Ricardo Rodrigues, pela segunda vez o jogador mais da CPCIT4ALL foi negando o golo à Transdev. Ao minuto 14, Luís Ribeiro remata de fora da área, a bola desvia num jogador da Transdev e traí Paulo Silva, que fica sem hipótese de impedir o segundo golo de CPCIT4ALL. 

Na segunda parte, a CPCIT4ALL rapidamente aumenta o marcador, com Leonardo Pinto a recuperar uma bola no meio campo ofensivo, e no cara a cara com Paulo Silva não perdoa e faz o 3-0. A Transdev com uma desvantagem de três golos foi tentando marcar um golo para voltar a entrar no jogo, mas tal não aconteceu, terminando o jogo com uma vitória para a CPCIT4ALL.

A Climex rubricou uma excelente exibição frente à Infraspeak, conseguindo uma vitória expressiva por 7-0. Logo no primeiro minuto de jogo Rui Duarte, assistido por Fernando Lemos abriu o marcador para a Climex. Desde cedo se percebeu que a Infraspeak iria ter dificuldades em disputar o jogo com a Climex. Com naturalidade surgiu o segundo golo ao minuto 11, com Bruno Pereira numa jogada individual, a recuperar a bola, conduzir a mesma junto à linha e faz um remate cruzado com a bola a entrar junto ao poste esquerdo da baliza de Luís Bessa. No minuto seguinte, Bruno Pereira conduz uma transição rápida e oferece o golo a Bruno Carvalho que encosta a bola para o 3-0. Em cima do descanso, Rui Duarte dispara de fora da área para o 4-0.

Ao intervalo a Infraspeak tentou reorganizar-se, mas a entrada da Climex na segunda parte foi para resolver o jogo e em dois minutos disparou o resultado para 6-0. Bruno Carvalho e Rui Duarte, completou o hat-trick, marcaram os dois golos que colocaram um ponto final no jogo. A Climex geriu o jogo com bola, com a Infraspeak quando a tinha a tentar se aproximar da baliza da Climex. Ao minuto 38, Miguel Lopes fechou o resultado assistido por Bruno Carvalho.

A Capwatt conseguiu a primeira vitória na competição ao derrotar a estreante FairJourney Biologics. A Capwatt entrou praticamente a vencer com Tiago Padrão a colocar Pedro Vieira na cara do golo e este a não perdoar. Este golo deu mais confiança à Capwatt, apesar da excelente resposta da FairJourney Biologics. O jogo foi disputado a uma grande velocidade, com a bola sempre próxima das duas balizas e com muita luta pela posse de bola. Apesar de algumas oportunidades não surgiram mais golos até ao intervalo.

Na segunda parte, a FairJourney Biologics teve de arriscar mais para tentar chegar ao empate permitindo mais espaço para transições à Capwatt. Ao minuto 30, a FairJourney Biologics arrisca com um passe dentro da sua área, a bola sofre um ressalto em Pedro Vieira, que na insistência amplia a vantagem para 2-0. Este golo deu ainda mais tranquilidade à Capwatt que se fechou e conseguiu guardar a vantagem. Sobre o apito final, Pedro Vieira culminou uma excelente exibição com uma assistência para Sílvio Monteiro que fez o 3-0 final.

Início do primeiro jogo da noite, com a equipa da A400 a controlar a partida com um estilo de jogo sempre apoiado e em passe. Numa boa combinação pelo lado direito do ataque da A400, Vasco Monteiro descobriu Francisco Sousa que apenas teve que encostar para o primeiro golo da noite. A equipa do Bial ia respondendo sempre com saídas rápidas para o contra ataque mas sem grande eficácia. Aos 11 minutos numa jogada muito semelhante Vasco Monteiro assistiu desta vez para André Barbosa dilatar a vantagem da equipa. À passagem do minuto 16, Vasco Monteiro numa grande jogada individual driblou dois adversários, tirou o guarda redes da frente e encostou para o 3-0. A equipa da Bial respondeu com grande combinação entre Miguel Ribeiro e Leandro Teixeira que reduziu para 1-3.

No segundo tempo boas oportunidades para as duas equipas mas sem grande eficácia de parte a parte sendo que o resultado final não mais se alterou.

Arranque da partida muito forte por parte, da Armfurniture com grande intensidade na disputa pelas segundas bolas. Aos 7 minutos, Gonçalo Barbosa inaugurou o marcador com um bom remate fora da área. Praticamente no lance seguinte, uma boa combinação com Ricardo Cunha a dilatar a vantagem, após passe de Gonçalo Barbosa. Aos 10 minutos, num passe errado na defesa do GD Adira a isolar Henrique Soares que aumentou a vantagem para 3-0. Aos 18 minutos, André Silva reduziu após bom passe de Luis Reis.

No segundo tempo a equipa do GD Adira entrou melhor na partida e reduziu para 3-2, novamente pelos mesmos intervenientes André Silva a encostar após passe de Luis Reis. Ainda assim a equipa do Amfurniture não tirou o pé do acelerador e aumentou a vantagem aos 30 minutos após livre marcado por Gonçalo Barbosa um grande remate em volley de Henrique Meireles a fazer o 4-2. Já nos instantes finais da partida Daniel Barbosa colocou um ponto final na partida com assistência de Henrique Meireles.

Equipa da Semana 

Climex – A Climex para já lidera a classificação com duas vitórias em dois jogos. Se na semana passada a vitória foi arrancada a ferros, esta semana e frente uma das equipas que tem apresentado um excelente futsal, não facilitou e conseguiu uma vitória confortável.

5 Ideal da Semana

Ricardo Rodrigues – CPCIT4ALL

Henrique Meireles – Amfurniture

Bruno Pereira – Climex

Pedro Vieira – Capwatt

Vasco Monteiro – A400

Leave a Reply