Esta segunda feira realizou-se a última jornada antes do Natal, com a disputa pelos lugares de pódia ainda bem viva.

A Bouygues Telecom Services, já campeã, manteve a série de vitórias, levando a melhor sobre a MI-GSO por 4-3. Logo no primeiro minuto Gui Retto colocou na frente do marcador a MI-GSO. A vantagem durou apenas três minutos, com Maxence Parente a colocar o resultado novamente empatado. A chuva forte dificultava a vida aos atletas, mas apesar disso as oportunidades foram surgindo para ambas as equipas. Perto do intervalo, André Pinto, capitão da MI-GSO voltou a colocar na frente a sua equipa.

Na segunda parte, a Bouygues entrou com o objetivo de manter a invencibildade e carregou em busca do empate, mas a MI-GSO foi conseguindo anular as investidas do adversário. Os últimos dez minutos do jogo foram emocionantes, com os golos a surgir rapidamente. Ao minuto 40, Vítor Rodrigues volta a empatar o jogo, mas no minuto seguinte, Gui Retto coloca pela terceira vez a MI-GSO na frente. Mas Vítor Rodrigues voltou a estragar a festa da MI-GSO, empatando o jogo a três golos ao minuto 43. Bernardo Sandro, perto do apito final, coloca na frente pela primeira vez a Bouygues Telecom Services na frente, confirmando a nona vitória consecutiva.

ROSC e ManPower Tbo protagonizaram um excelente jogo, muito competitivo, terminando empatado a dois golos. O jogo começou equilibrado, com as duas equipas a ter oportunidades  para se colocar na frente. O primeiro golo surge ao minuto 10, por Amado Marques, que colocou na frente a ROSC. Este golo abriu um período louco do jogo, em que a bola estava sempre próxima das balizas. Ao minuto 14, Marcus Nabor empata o jogo para a ManPower Tbo e logo no minuto seguinte, Amado Marques volta a por a bola dentro da baliza, mas desta feita na baliza errada, fazendo um auto-golo que permite à ManPower Tbo na frente. Mas logo no minuto seguinte, Bruno Santos volta a repor a igualdade no marcador. Ao intervalo registava-se um empate a dois golos.

Na segunda parte, as duas equipas continuaram a carregar para chegar à vitória, até porque em caso de vitória a ROSC garantia desde já a segunda posição e a ManPower podia-se aproximar da terceira posição. As oportunidades apareceram, mas os avançados não se conseguiram superiorizar às defesas tendo o jogo terminado empatado. Para a última jornada, a ROSC terá de pontuar para garantir a segunda posição, o mesmo acontece com a ManPower Tbo que precisa de um ponto para ficar na quarta posição.

7 Ideal da Semana

GR – Rui Costa (ManPower Tbo)

DEF – Vítor Rodrigues (Bouygues Telecom Services)

MED – Marcus Nabor (ManPower Tbo)

MED – Amado Marques (ROSC)

MED – Gui Retto (MI-GSO)

AVA – Sérgio Pais (ROSC)

AVA – Daniel Carvalho (Bouygues Telecom Services)

Leave a Reply