A quarta ronda da Liga Empresarial de Futebol 7, no Porto, decorreu nesta passada segunda e terça feira, com a líder Bouygues Telecom Services a manter a liderança, com a próximidade da ROSC.

Bouygues Telecom Services e MI-GSO abriram a ronda, com a lider Bouygues a vencer de forma convincente por 9-3. Apesar do resultado final, a MI-GSO até entrou melhor em jogo, abrindo o marcador ao minuto 5 por Gui Retto, dando cor a uma entrada ambiciosa da MI-GSO. A vantagem durou apenas cinco minutos, quando Daniel Carvalho marcou o golo do empate. Este golo de Daniel Carvalho desbloqueou o jogo para a Bouygues, pois dois minutos mais tarde, Maxence Parente colocou a sua equipa na frente do marcador. Ao minuto 19, Daniel Carvalho aumentou para 3-1, sendo que até ao intervalo, Maxence Parente e Vitor Rodrigues marcaram mais dois golos para a Boouygues Telecom Services colocando o marcador em 5-1.

 Na segunda parte, a MI-GSO voltou a entrar melhor, tendo em Gui Retto a figura maior, ao marcar mais dois golos. Pelo meio dos dois golos da MI-GSO, Daniel Carvalho fez um golo para o Bouygues, ficando o marcador em 6-3. Faltavam ainda 14 minutos para o fim, por isso a MI-GSO ainda acreditava num possível empate. Mas à entrada dos últimos dez minutos, apareceu Srarfi Sabri marcando dois golos, colocando a diferença em cinco golos. Perto do fim, Maxence Parente fechou as contas do jogo, completando o seu hat-trick.

A Metalurgica venceu por 5-0 a FC UFP.

A ROSC voltou às vitórias frente a Manpower Tbo, vencendo por 5-1.  O jogo começou equilibrado, com ambas as equipas a tentarem aproximar-se da baliza, mas as defesas foram-se superiorizando aos avançados. Só perto do fim da primeira parte surgiram os golos. Pedro Martins colocou na frente a ROSC, mas Ivo Costa no minuto seguinte empatou o jogo. Em cima do apito para o intervalo, Sérgio Pais voltou a colocar a ROSC na frente do marcador.

Na segunda parte, a Manpower Tbo entrou com a ambição de voltar à igualdade, mas a ROSC foi conseguindo suster a pressão inicial da equipa adversária. Ao minuto 31, Sérgio Pais volta a fazer o gosto ao pé, colocando o marcador em 3-1, sendo que quatro minutos mais tarde, Ricardo Filipe aumenta a diferença para três golos, terminando com as expectativas da Manpower Tbo conseguir o empate. Em cima do apito final, César Santos marcou o quinto golo da ROSC, colocando o marcador final em 5-1.

7 Ideal da Semana

Gr – Tiago Sampaio – ROSC

DEF – César Santos – ROSC

MED – João Terra – Manpower Tbo

MED – Gui Retto – MI-GSO

MED – Maxence Parente – Bouygues Telecom Services

AVA – Sérgio Pais – ROSC

AVA – Daniel Carvalho – Bouygues Telecom Services

 

Leave a Reply