Clube PT 2 – 0 TBSS

Clube PT resolve no 1º tempo

O primeiro jogo da noite opunha duas equipas separadas por um ponto na tabela classificativa, o que indiciava um jogo pautado pelo equilíbrio.

A equipa da PT entrou determinada, desde cedo, a resolver o jogo. Ao 1º minuto, quando os motores ainda estavam a aquecer, um passe longo de Sérgio para a grande área, complementado com o desvio de cabeça de Paulo Alves inaugura o marcador. Aos 15 minutos, numa excelente jogada de entendimento coletivo, a bola é colocada ao 2º poste para Ricardo Silva dilatar o marcador. A equipa da TBSS procurava reagir, mas o golo não surgia.

No 2º tempo a TBSS procurou assumir mais o jogo protagonizando várias jogadas de iniciativa ofensiva. Por outro lado, o Clube PT procurou gerir a vantagem praticando um futebol mais em posse. O resultado do 1º tempo manteve-se até ao final do encontro, apesar das várias oportunidades criadas.

Com este resultado, o Clube PT distancia-se da TBSS na tabela classificativa. No entanto, o futebol praticado por ambas as formações pode ditar alterações na tabela classificativa na última jornada da Liga.

 

 

Central de Cervejas 4 – 1 Génération

Experiência e eficácia dão vitória à Central de Cervejas

Neste jogo da Liga Empresarial defrontavam-se o 2º e 3º classificados, o que criava a expectativa de uma grande partida de futebol.

A Génération entrou mais forte a procurar assumir os destinos da partida e a impor o seu futebol a um ritmo elevado. Por outro lado, a Central de Cervejas procurava suster o ímpeto ofensivo adversário e partir rapidamente para o contra-ataque. Aos 14 minutos, um cruzamento vindo do corredor direito tem como resposta um excelente cabeceamento de Faiçal Lamridi a inaugurar o marcador. A Central de Cervejas cresceu na partida e numa jogada de transição ofensiva chega à igualdade, que se manteve até ao intervalo.

No 2º tempo, a equipa da Central de Cervejas continuou a demonstrar uma grande entreajuda defensiva e quando recuperava a bola, procurava explorar o ataque rápido. Quanto à Génération continuava com pendor ofensivo, praticando um futebol em ataque mais organizado. No entanto, a Central de Cervejas foi dilatando o marcador, ora em jogadas de ataque rápido, ora em lances de cariz mais individual, com destaque para o golão de Valter Gonçalves, num remata antes do meio-campo, a ver o GR adversário adiantado e a protagonizar um “chapéu” absolutamente formidável.

Com este resultado a equipa da Central de Cervejas cimenta o seu 3º lugar na tabela classificativa e encurta a distância para o 2º classificado, a Génération.

 

Jogos em atraso

OLX 3 – 2 Sociedade Central de Cervejas

OLX vencem Sociedade Central de Cervejas e continua na liderança da Liga Empresarial

No jogo em atraso, a contar para a 12ª Jornada da Liga Empresarial Lisboa, o OLX recebeu a Sociedade Central de Cervejas, num jogo importantíssimo para as contas do título. Para a equipa caseira, a vitória era importante para se manterem na liderança, enquanto para o adversário, a única alternativa para continuarem a sonhar com o título, era a vitória.

Por estas razões, o jogo começou muito equilibrado, com ambas as equipas muito organizadas e preocupadas em sofrer golos. Com o jogo muito fechado, os primeiros sinais de perigo foram dados pelo OLX, com alguns remates de longe, inclusive uma bola ao poste. Até que chegamos aos 12 minutos do encontro, e temos a primeira alteração no marcador a favor do OLX. Numa jogada pelo lado direito, Ricardo Pereira faz um belíssimo cruzamento para o seu colega de equipa Diego, que não facilita e com uma grande cabeçada, mete a bola dentro da baliza. Com este golo sofrido, o OLX recuou um pouco as linhas e a Sociedade Central de Cervejas aproveitou para circular mais a bola e criar oportunidades de golo, mas sem conseguir concretizá-las. Assim fomos para o intervalo com o OLX a vencer por uma bola a zero.

A segunda parte começou como acabou a primeira. A Sociedade Central de Cervejas com mais bola, enquanto o OLX tinha uma postura mais expectante (também devido ao cansaço acumulado por não terem substitutos). A diferença aqui é que a equipa forasteira entrou com mais eficácia e aos 32 minutos, empata a partida. Valter Gonçalves, com um pontapé fortíssimo fora da área, fura as redes da baliza adversária. Com este golo, o jogo abriu-se mais, pois ambas as equipas sabiam que apenas a vitória interessava e com isso tivemos os 10 minutos finais muito intensos e com golos. Aos 42 minutos, o OLX volta a ganhar vantagem, por intermédio de Ricardo Borges que converte com sucesso um penalty. Nem dois minutos passaram, e a Sociedade Central de Cervejas volta a igualar o marcador, com Luís Campos a aproveitar uma recuperação de bola em terrenos avançados e a meter a bola dentro da baliza adversária. Quando tudo parecia que ia ficar empatado, aparece João Cruz que, numa iniciativa individual, volta a meter o OLX na frente do marcador e fixando o resultado final neste encontro.

Vitória para o OLX, que deste forma, dá um grande passo rumo à conquista do campeonato, enquanto a Sociedade Central de Cervejas dá assim por concluída a sua perseguição pelo título e assegura, desde já, o 3º lugar da classificação da Liga Empresarial.

 

INCM 0 – 8 Génération

Génération vence e continua na perseguição pelo título!

No segundo jogo da noite, pelas 21h, tivemos o embate do Génération e a INCM, num jogo em atraso a contar para a Jornada 9 da Liga Empresarial. Génération estava obrigado a ganhar para manter as esperanças do título vivas, enquanto a INCM queria ganhar para subir na tabela classificativa.

Desde cedo se viu a razão de ambas as equipas a estarem em lugares tão distintos na Liga Empresarial Lisboa, com o Génération a entrar muito forte e logo no primeiro minuto, Mário inaugura o marcador. Este golo tão madrugador deu uma grande motivação à equipa forasteira que ainda antes do intervalo aumentaram a vantagem para 4 golos, com Mário a bisar na partida, depois Ferdi a fazer o terceiro golo. Por fim, o capitão da equipa, Tiago Ferreira, mete o seu nome no placar dos marcadores com um penalty muito bem executado. Durante estes golos sofridos, a INCM foi tentando mudar o rumo dos acontecimentos, mas para além de alguns calafrios provocados, não conseguiram introduzir a bola dentro da baliza adversária.

Para a segunda parte do encontro, este ainda começou equilibrado, com a INCM a tentar reduzir a desvantagem no marcador, mas sempre sem sucesso. E após estes 10 minutos iniciais, Génération voltou a assumir o encontro e não deu quaisquer hipóteses ao adversário, com um jogador em especial destaque. Stan Zué, com grandes jogadas individuais, faz um hat-trick de seguida (numa delas, pega na bola ainda no seu meio campo e só acabou com ela dentro da baliza, ultrapassando qualquer adversário que aparecia à frente). Até ao fim do encontro, ainda tivemos tempo para o defesa João Ferreira estrear-se a marcar neste jogo, fazendo desta forma, o 8 a 0, que acabou por ser o resultado final do encontro.

Com esta grande vitória, Génération continua na 2ª posição da Liga Empresarial Lisboa, em igualdade pontual com o primeiro, quando este se vão encontrar na última jornada, num jogo que pode ditar o campeão. Para a INCM, ainda têm dois jogos para melhorar a sua posição na tabela classificativa e mostrar que este jogo foi um acidente de percurso.

 

7 ideal da Jornada:

GR – Marco Fechas (Central de Cervejas)

DEF – Valter Gonçalves (Central de Cervejas)

DEF – Sérgio Mendes (Clube PT)

DEF –  André Fandinga (TBSS)

MED – Luís Campos (Central de Cervejas)

AVA – Faiçal Lamridi (Génération)

AVA – Paulo Alves (Clube PT)

Leave a Reply