Numa semana onde se realizou apenas um jogo da 7 jornada da Liga Primavera Série Complementar, muito podia ficar desde já decidido. Com apenas um jogo a realizar-se esta semana, a equipa da Adecco Portugal entrava para partida contra a equipa do Café do Ducha com a hipótese de se sagrar campeão, já a partida entre o RunTime Revolution e o C. Santos VP foi adiada.

Numa encontro todo ele marcado por uma enorme vontade de vencer por parte das duas equipas, o Café do Ducha entrou com tudo à procura de surpreender e ainda dentro dos cinco minutos iniciais colocou-se em vantagem por intermédio de Rúben Conceição. A equipa da Adecco Portugal acordou com o golo sofrido e carregou de imediato à procura de inverter o resultado ainda no primeiro tempo, sendo que Gonçalo Oliveira com dois golos e João Abreu com um acabariam mesmo por levar a sua equipa a vencer por 3-1 para o descanso. Na segunda metade a equipa da Adecco Portugal mostrou como se deve gerir uma vantagem, procurando não dar espaços aos adversários, tentando surpreender no contra-golpe, sendo que novo golo de Rúben Conceição seria insuficiente para responder ao bis de João Abreu e ao golaço de Diogo Oliveira já perto do fim, o 5-2 final garantiu à equipa da Adecco Portugal o estatuto de campeão a duas jornadas do fim.

 

Equipa da Semana: Adecco Portugal

A equipa da Adecco Portugal entrou para a partida desta semana contra o Café do Ducha sabendo que em caso de vitória se sagrava Campeão, sendo que apesar da desvantagem inicial, esta equipa mostrou toda a maturidade de jogo que tem sido recorrente durante o campeonato e confirmou mesmo a sétima vitória consecutiva. Gonçalo Oliveira e João Abreu foram a cara de uma equipa com uma enorme tendência ofensiva pelos corredores e depois do golo sofrido logo aos três minutos, Gonçalo Oliveira apareceu aos doze minutos ao segundo poste para finalizar um cruzamento de um colega e empatar o jogo, sendo que até ao intervalo esta equipa acabaria por pressionar à procura de confirmar a reviravolta no marcador e João Abreu aos quinze e Gonçalo Oliveira com o bis aos vinte e um acabariam por levar a sua equipa com uma vantagem de dois golos para o descanso. Na segunda metade a equipa da Adecco Portugal mostrou mais uma vez ser muito perigosa quando se apanha em vantagem e nos segundos vinte e cinco minutos da partida acabariam por gerir o resultado sem grandes sobressaltos, sendo que o 5-2 final confere a esta equipa o estatuto de Campeão 100% vitorioso à entrada para as duas ultimas jornadas

 

Jogador da Semana: Gonçalo Oliveira (Adecco Portugal)

Numa semana em que a Adecco Portugal tinha tudo para confirmar a sétima vitória em outros tantos jogos e se sagrar Campeão, o capitão de equipa deu o exemplo e mostrou que se está mais perto de vencer quando se dá tudo dentro das quatro linhas. Depois de uma desvantagem inicial, Gonçalo Oliveira começou a ganhar destaque pelo corredor esquerdo e foi mesmo dai que arrancou para finalizar um cruzamento ao segundo poste para empatar a partida. Com o empate no marcador, Gonçalo Oliveira e João Abreu foram sempre uma constante dor de cabeça para a defesa contrária e depois do golo da reviravolta por intermédio de João Abreu, Gonçalo Oliveira voltou a aparecer ainda no primeiro tempo para se soltar de marcação já dentro da área contrária e aproveitou uma bola perdida para levar a sua equipa a vencer por 3-1. Na segunda metade outros nomes ganharam destaque na gestão da vantagem por parte da equipa da Adecco Portugal, como Diogo Oliveira, mas Gonçalo Oliveira mostrou como deve ser a atitude de um capitão dentro do campo e nos minutos finais acabaria por estar envolvido na jogada do quarto golo, sendo que Diogo Oliveira acabaria por fechar a conta nos cinco.

 

7 da Semana:

GR: Cláudio Pereira (Adecco Portugal)

DEF: Orlando Silva (Café do Ducha)

MED: Diogo Oliveira (Adecco Portugal)

MED: Ricardo Serrão (Café do Ducha)

MED: Gonçalo Oliveira (Adecco Portugal)

AVA: João Abreu (Adecco Portugal)

AVA: Rúben Conceição (Café do Ducha)