FUTSAL LISBOA – FINAL DA TAÇA

Numa prova cheia de emoções e grandes triunfos defrontaram-se na final duas grandes equipas e no culminar de uma grande prova a vitória acabou por sorrir à Escala Lisboa.

 

 

Equipa da semana

Escala de Lisboa –  Com a conquista da Taça a equipa da Escala alcançou a Dobradinha. Com um Paulo Silva e Bruno Gonçalves de outro nível a Escala teve nestes dois elementos as chaves para desmontar o jogo. Num estilo de jogo muito dinâmico e com a bola a variar de flanco para flanco a Escala acabou por apresentar muita intensidade no jogo e isso revelou-se fundamental. O facto de trocarem a bola a dois/três toques tornou a tarefa bastante complicada para a equipa da Echo que não conseguiu parar os adversários.

 

 

 

Jogador da Final

Paulo Silva (Escala Lisboa) –  Foi uma noite de antologia para Paulo, acabou por ser ele a dar o mote na partida ao demonstrar que a primeira parte foi toda dele. Com dois golos e duas assistências Paulo foi imparável na primeira parte e o último golo da Escala tem um carimbo seu com uma assistência para Paulo Magalhães encostar ao segundo poste. Ver este jogador jogar ao primeiro toque parece uma brincadeira, a facilidade que tem em colocar a bola sem que a sua equipa perca a posse parece fácil, a juntar a isto uma acertividade no remate fizeram de Paulo o jogador da semana.

 

Flash Interview: Bruno Gonçalves (Escala Lisboa)

 

 

 

5 da semana

GR – David Jorge (Echo Rent a Car)
Fixo –  João Ferreira (Echo Rent a Car)
Ala – Francisco Gomes (Escala Lisboa)
Ala – Bruno Gonçalves (Escala Lisboa)
Pivô – Paulo Silva (Escala Lisboa)

 

 

 

Escala Lisboa 7 – 1 Echo Rent a Car

ESCALA FAZ A DOBRADINHA

Expectativas em alta para esta final num jogo entre duas equipas que mostraram ao longo da Taça o porquê de merecerem estar presentes na final.
Inicio de jogo de alto nível com as duas equipas a trazerem um futsal ofensivo. A Echo Rent a Car teve em David Jorge um guarda-redes capaz de parar remates que vinha de todas as maneiras e feitios. À sua frente João Ferreira que era apoiado maioritariamente por Jader Pereira, Gustavo Pereira era o ala mais ofensivo ficando muitas vezes a apoiar Renilton Jeus. A  Escala de Lisboa apresentou um esquema muito móvel com o capitão Francisco Gomes e Paulo Silva a jogar nas alas sendo Paulo Magalhães a referência de ataque. Os primeiros 5 minutos foram de bastante equilíbrio com as duas equipas a criarem alguns lances de perigo. Mas a figura desta primeira parte foi Paulo Silva, o número 16 da Escala desmontou a equipa adversária conseguindo estar presente nos três golos que ocorreram com dois golos e uma assistência.
E se na primeira parte tivemos Paulo Silva na segunda o protagonista foi Bruno Gonçalves. Se na primeira parte já tinha assistido Paulo para o golo Bruno nesta segunda parte veio a todo o gás conseguindo um hattrick. Os primeiros 10 minutos da segunda parte acabaram por definir o resultado a favor da Escala. Trocando a bola a dois/três toques a Escala procurou jogar com acertividade não se precipitando mas aplicando muita dinâmica no jogo com Bruno a conseguir fazer uso da sua finta e de num espaço curto conseguir desmarcar na perfeição os seus colegas. A Echo Rent a Car durante o jogo todo procurou fazer uso da rapidez de Renilton e Gustavo para jogar em contra-ataque e perturbar a baliza defendida por David Barbosa ficando João Ferreira como pilar defensivo. João ainda acabou por reduzir mas seria tarde e o resultado não sofreria mais alterações.
A Escala com esta vitória acaba por fazer o pleno.

Leave a Reply