FUTSAL ALFRAGIDE – 3ª JORNADA

Após mais uma grande jornada no CIF ficámos com a certeza que vamos ter luta até final com a Dietimport e a Loja do Sr. Rocha a repartirem a liderança após esta terceira jornada. Vamos aguardar com grande expectativa as semanas que se avizinham.

 

 

Equipa da semana

Dietimport – Foi uma verdadeira vitória colectiva a desta semana por parte da Dietimport. A começar na baliza com Mário Henriques com um bom par de defesas no inicio de jogo deu o mote para que a sua equipa se sentisse confortável e arrancasse em busca da vitória. À sua frente tivemos Diogo Trincheiras que mostrou não ser só um bom fixo mas também que pode ser uma grande ajuda se a sua equipa precisar de subir linhas visto que é rápido a recuperar as bolas perdidas pela sua equipa e desce rapidamente caso a sua equipa seja apanhada em contra-pé. No ataque temos Ricardo Silva que demonstrou ter uma técnica acima da média sendo muito forte no drible e na finta o que aliada à sua frieza na hora H provocam que o capitão da Dietimpor seja um verdadeiro perigo. Hugo Ramalho, grande visão de jogo, e Luís Ramos um verdadeiro pulmão dentro de campo e bom finalizador, demonstram que nas alas a Dietimport também tem muita qualidade. Estes ingredientes todos juntos esta semana trouxeram a vitória final para a sua equipa.

 

 

Flash Interview: Ricardo Silva (Dietimport)  https://www.facebook.com/ligaempresarial/videos/612061979552046/

 

 

Jogador da semana

Hugo Costa (A Loja do SR. Nuno Rocha) – Num jogo verdadeiramente de loucos Hugo Costa acabou por se tornar a peça chave da sua equipa. Com uma boa qualidade de passe destacando-se por ser muito assertiva, Hugo demonstrou também ser muito frio quando se encontra à frente da baliza esta duas qualidades foram determinantes para a Loja do Sr Rocha alcançar os três pontos esta semana.

 

 

5 da semana

GR – Francisco Carolino (Vodafone)
Fixo – Hugo Costa (Loja do Sr. Rocha)
Ala – Francisco Gomes (Mercer)
Ala – Rui Ramalho (Dietimport)
Pivô – Ricardo Silva (Dietimport)

 

 

 

 

Dietimport 5 – 1 Vodafone

ÚLTIMOS MINUTOS SENTENCIAM A PARTIDA

 

O primeiro jogo da terceira jornada opunha a Dietimport que procurava dar seguimento à vitória alcançada na semana passada e a Vodafone que procurava um resultado diferente ao da semana passada .
Jogo muito mexido no pavilhão do CIF com os primeiros 10 minutos a serem de domínio por parte da Dietimport com a equipa liderada por Ricardo Silva a controlar a posse de bola procurando incutir uma dinâmica de movimentos muito intensa no último terço do terreno. Jogando com Ricardo Silva como pivô, Luís Ramos e Rui Ramalho a alas, Diogo Trincheiras ocupava a posição mais recuada da equipa sendo que Luís Ramos e Ricardo Silva muitas vezes trocavam de posição. Depois de uns 10 minutos muito intensos Ricardo Silva acabaria por abrir o marcador após um bom passe de Luís Ramalho. Ate final da primeira parte a equipa da Vodafone acabaria por subir de desempenho com Gonçalo Guedes a assumir a construção da equipa obrigando a equipa a subir linhas com Rafael Castro a assumir-se como principal referência de ataque. Esta mudança táctica provocou uma maior abertura do jogo havendo mais espaço para as duas equipas criarem oportunidades de golo com as duas equipas a marcarem um golo cada uma até final da primeira parte.
Na segunda parte as duas equipas acabariam por voltar com a intensidade elevada sendo que a Vodafone procurou recuperar a desvantagem da primeira parte com Rafael Castro a assumir-se como principal referência atacante sendo muitas vezes ajudado por Paulo Renato ficando André Leitão com as tarefas defensivas. A Dietimport trouxe a mesma dinâmica da primeira parte para a segunda e tal como nos minuto finais da primeira parte e fruto de haver muitos espaços em aberto Rui Ramalho acabou por aumentar a vantagem para a Dietimport. Após o golo sofrido a Vodafone mudou novamente de táctica baixando as linhas e procurando jogar no contra-ataque. A destacar no decorrer desta segunda parte para Francisco Carolino que a par da primeira parte conseguiu efectuar um punhado de defesas importantes para a sua equipa acreditar num resultado melhor. Nos últimos 5 minutos da segunda tivemos o reflexo daquilo que foi o final da primeira parte com a Vodafone a arriscar mais e que o jogo tivesse mais espaço para ocasiões de golo, só que desta vez a Dietimport foi quem acabou por ser mais feliz conseguindo acrescentar dois golos ao marcador sentenciando a partida.
Com esta vitória a Dietimport segue lugares cimeiros da tabela.

 

 

Mercer 3 – 4 A Loja do Sr. Rocha

EMOÇÃO ATÉ AO FINAL

 

A encerrar a jornada encontraram-se duas equipas que tinham alcançado resultados diferentes no primeiro jogo efectuado na liga..
O jogo começou logo da melhor maneira com a Mercer a conseguir recuperar a bola logo no primeiro minuto e João Carlos Lopes a rematar sem hipóteses inaugurando o marcador. Após o golo a Mercer jogou com mais tranquilidade mas não procurou baixar linhas com José Barroso a assumir-se como o fixo da equipa procurando não descansar sobre o resultado e jogava muitas vezes num dos alas que mais tarde tentavam encontrar João Carlos Lopes que ou se encontrava à entrada da área ou no segundo poste. A Loja do SR. Rocha após ter sofrido o golo não quis apressar processos e foi em busca de um espaço deixado em aberto pela Mercer tentando muitas vezes colocar a bola em Nuno Rocha que era o Fixo. Até final da primeira parte o jogo foi muito disputado com as duas equipas bastante bem organizadas quer no momento defensivo quer no momento ofensivo a demonstrar que trouxeram o trabalho de casa bem feito. Destacamos o golo do empate por parte de Hugo Costa ao minuto 17 não sofrendo o marcador mais alterações até final da primeira parte sendo o empate o resultado mais justo pelo que se verificou no jogo.
A segunda parte começou na mesma toada da primeira com Hugo Fonseca da Mercer a fazer o 2-1 levando a que a segunda parte fosse praticamente uma fotocópia da primeira com as duas equipas muito bem organizadas ficando as tarefas defensivas da Mercer a cargo de José Barroso enquanto que Francisco Gomes e Hugo Fonseca se revelavam os principais desestabilizares de jogo. Por parte da Loja do Sr Nuno, Luís Almeida e Pedro Ribeiro assumiam a organização de jogo da sua equipa com uma qualidade de passe de grande qualidade conseguindo muitas vezes encontrar um colega de equipa num ângulo muito difícil. Mas assim que Luís Almeida após uma boa jogada individual conseguiu empatar o jogo ao minuto 32 entraríamos numa momento onde as equipas procuraram dar tudo de si em busca da vitória conseguindo proporcionando um verdadeiro ataque de nervos para quem assistia visto que a Mercer ao minuto 38 conseguiria marcar e no último suspiro do jogo Hugo Costa conseguiria a reviravolta no marcador para a Loja do Sr. Nuno Rocha. Foi uma verdadeira luta titânica esta nos dois últimos minutos com muitas ocasiões de jogo.
Com esta vitória a Loja do Sr. Rocha reparte agora a liderança com 6 pontos.

Leave a Reply