FUTEBOL 7 ALVALADE – 5ª JORNADA

Mais uma noite de futebol nesta 5ª jornada da Liga Empresarial marcada por jogos muito bem disputados e com resultados finais que se traduzem partidas bastante equilibradas.A GelPeixe aproxima-se do pódia e vence a Germano Sousa que até então estava invicta, já o Casino aproveitou para se colocar na liderança do campeonato ao vencer a C. Santos VP por 4-2.

Nos outros jogos, a Companeo obteve a sua primeira vitória, batendo a Salt Services e o Clube PT continua apenas a depender de si para ser líder da prova após vencer a Mind Source. Com estes resultados as contas do título estão cada vez mais confusas e a prova disso é que o 1º classificado apenas tem 6 pontos de vantagem sobre o 6ª.

 

Equipa da Semana: Gelpeixe

Após ser a primeira equipa a tirar pontos à Germano Sousa, a Gelpeixe tem vindo a subir de forma nesta Liga, mostrando que este período pode ser de adaptação e que têm um futuro risonho pela frente. O homem do golaço de calcanhar à umas semanas atrás, Bruno Gonçalves, foi hoje escalado para jogar a Guarda-redes e foi uma surpresa muito boa, conseguindo sempre transmitir muita serenidade à sua equipa e fazer uma exibição digna de registo quer entre os postes, quer a servir os companheiros em saídas rápidas para o ataque. Carlos Franco e Alione Carvalho são os alas de serviço. Carlos uma ala de cariz mais defensivo, avançando pela certa mas nunca colocando a equipa desequilibrada. Alione Carvalho do lado oposto, é a referência da equipa, ajuda a defender mas também ataca com muita qualidade, aliando velocidade a uma capacidade técnica incrível. André Lopes, o patrão da equipa com o auxílio de Bruno Dias são os homens do meio campo e que pensam todo o jogo da equipa e que servem o goleador Dário Dias. Na defesa João Casimiro é o homem que dá o corpo às balas nesta equipa da Gelpeixe que gosta de jogar em ataque rápido e que com o decorrer da época tem vindo a evoluir mostrando ser uma equipa que pode baralhar as contas finais e lutar pelo pódio.

 

Flash Interview: Jacinto Vieira (Clube PT) – https://www.facebook.com/ligaempresarial/videos/2520853748006653/

 

Jogador da Semana: Nuno Paínho  (Clube PT)

Nuno Paínho foi esta semana o herói da vitória do Clube PT que permite à sua equipa, caso vença o jogo em atraso, ser líder do campeonato.

Avançado que pode também alinhar a médio, já leva 2 golos nesta temporada e 2 prémios MVP no bolso que traduzem o excelente arranque de época deste jogador. Faz-se valer da sua velocidade e mostra também muita disponibilidade em ajudar a equipa sendo incansável e uma autêntica dor de cabeça para os adversários.

Veremos até onde Nuno Paínho levará a sua equipa que até agora tem feito um excelente campeonato.

 

7 da Semana:

GR: Décio Barros (Germano Sousa)
Defesa: Ivan Sousa (Salt Services)
Médio: Nélson Pereira (Casino Lisboa)
Médio: Tiago Fernandes (Mind Source)
Médio: Alione Carvalho (Gelpeixe)
Avançado: João Vieira (C Santos VP)
Avançado: Khalil Bouaziz (Companeo)

 

Crónicas:

Gelpeixe 2 – 1  Germano Sousa

Gelpeixe tenta aproximação ao pódio

Nesta 5ª jornada da Liga Empresarial a equipa da Germano Sousa procurava manter a liderança isolada do campeonato enquanto a Gelpeixe tentava aproximar-se dos lugares que dão acesso à Final Nacional.

O jogo começou bastante equilibrado com as equipas a apresentarem esquemas táticos semelhantes e a apostarem em transições rápidas o que ia causando oportunidades de golo junto de ambas as balizas.

Mesmo com a partida muito equilibrada e numa fase em que a Germano Sousa parecia começar a tomar conta do jogo, a Gelpeixe chega ao golo através de uma colocação de bola desde o guarda-redes até à área contrária, onde Dário Dias com toda a calma do mundo finaliza da melhor forma. A Gelpeixe saía para o intervalo em vantagem, acreditando que era possível levar os 3 pontos para casa.

Na 2ª parte a Germano Sousa entrou mais forte e disposta a dar a volta ao jogo, onde ia dispondo de boas oportunidades mas a organização defensiva do Gelpeixe estava a resultar.

Aos 39 minutos o empate acaba por chegar, por intermédio de Flávio Luz que deu forças à sua equipa. Nos minutos seguintes muitas oportunidades para a Germano Sousa que iam esbarrando no Guarda-redes adversário. Já perto do final, Dário Dias, numa grande jogada individual, bisa na partida e apesar dos intensos últimos minutos da Germano Sousa o resultado manteve-se inalterável.

A Germano Sousa irá querer mostrar no próximo jogo que este resultado foi apenas uma lição enquanto a Gelpeixe ainda sonha com a Final Nacional.

 

Salt Services 4 – 5 Companeo

Companeo consegue a cambalhota

Salt Services e Companeo vêm as equipas o topo da tabela cada vez mais distanciadas e procuram ganhar pontos para sair do fundo da tabela.

Salt Services SA é o primeiro a a criar uma oportunidade de perigo, mas um os defesas da Companeo consegue cortar a bola para fora em cima da linha o golo.

No contra-ataque a Companeo faz jogada coletiva e Pedro Henrique abre o marcador. A partida continua renhida com o Salt Services a criar várias ocasiões de perigo, apostando numa linha ofensiva com 3 atacantes. A Companeo ficou mais na defensiva, contando com 2 defesas e o meio campo a recuar nas ocasiões de maior perigo, e atacava mais pelas alas em contra-ataques. Os golos da Salt Services apareceram da mesma forma, em situação de 3 para 2 Ivan Sousa e Leandro Pereira dão a volta ao resultado.

Nos minutos finais do primeiro tempo, o Companeo vê uma boa oportunidade para empatar com um livre direto à entrada da área, mas a bola bate na barreira, na recarga o guarda-redes da Salt Services consegue agarrar a bola com as mãos.
A segunda parte foi mais intensa e contou com mais golos. Desta vez os papéis invertem-se, o segundo tempo iniciou com uma postura proactiva do Companeo sendo o primeiro a criar ocasião e perigo, mas na continuação da jogada o Salt Services consegue progredir até à área, o guarda-redes consegue defender o primeiro remate mas tem dificuldades em segurar a bola, e na confusão ali gerada o Salt Services consegue marcar mais um golo.

O Salt Service continuou a formação 1-3-2 com o médio centro a atuar como 3º ponta de lança e a 15 minutos do término da partida vencia por 4 bolas a 2. O Companeo viu-se obrigado a subir as linhas e passou a jogar também em 1-3-2, formação que lhes deu frutos, conseguiram criar mais ocasiões de perigo e amenizaram os ataques adversários, conseguindo aos 40 minutos empatar a partida.A Companeo viria a dar a volta ao resultado, conseguindo defender até ao apito final e arranca uma vitória difícil ao Salt Services.

Companeo sai do fundo da tabela e ascende à 6ª posição.

 

Casino Lisboa 4 – 2 C. Santos VP

Casino Lisboa já é líder

Jogo grande da jornada, onde o Casino procurava alcançar o primeiro lugar e conseguir fugir na tabela ao C. Santos VP que vinha de um empate na última jornada.

O Casino entrou com um 3-2-1 que pelas características doshomens em campo facilmente se tornava num 1-3-2 sem recorrer ao banco, fazendo uma pressão a meio campo tentando bloquear as saídas do C. Santos VP. O golo do Casino ia surgir ao minuto 10 através de um auto-golo, sendo que 2 minutos depois Nelsón Pereira aumentava a contagem após aproveitar um bola defendida pelo guarda-redes Bruno Monteiro. A C. Santos VP quis contrariar o domínio do Casino Lisboa e após acertar alguns posicionamentos táticos, começou a criar mais perigo junto da área contrária, chegando ao golo antes do intervalo.

Na 2ª parte assistimos a uma reação forte da C. Santos VP, que iam aproveitando bolas paradas para causar alguns calafrios à baliza do Casino Lisboa. Aos 33 minutos Kristtofferson aumentava a contagem para o Casino. Até final tempo ainda para o golaço de fora da área de Rúben Faria (Casino Lisboa) e para o golo de belo efeito de João Veira colocando o resultado final em 4-2 favorável ao Casino.

Com esta vitória, o Casino lidera a tabela enquanto a C. Santos VP é agora 4ª classicada.

 

Clube PT 2 – 1 Mind Source

Clube PT já olha para a liderança

Jogo de extrema importância para ambas as equipas, enquanto a Mind Source procurava pontos para subir na tabela, o Clube PT conta os pontos para conseguir chegar ao 1º lugar.

Jogo muito renhido entre Mind Source e Clube PT, com muita disputa de bola no meio campo, sendo o Clube PT a equipa que conseguiu criar mais ocasiões de perigo no início da partia. O Mind Source optou por uma formação mais defensiva, com 2 defesas e a linha do meio campo mais recuada. A Mind Source foi a primeira a chegar ao golo, num livre direto à entrada da área José Rocha de calcanhar consegue desviar a trajetória da bola e o guarda-redes do Clube PT não consegue defender. Enquanto o Mind Source construía jogo de forma cuidadosa com passes curtos entre jogadores, o Clube PT apostava mais em ataques rápidos pelas alas e conseguiu criar mais ocasiões de perigo.

O final do primeiro tempo foi marcado por muitas ocasiões de bola parada, o Clube PT viu por 3 vezes livres à entrada da área serem defendidos pelo guarda-redes da Mind Source, João Cruz que fez uma excelente exibição contando com várias intervenções e grande nível.
O segundo tempo continuou com muitas ocasiões de perigo  para o Clube PT e aos 33 minutos conseguiu igualar a partida. O Mind Source continuou focada na defesa e não sofreu alterações na sua formação em relação ao primeiro tempo. Os ataques do Clube PT subiram a intensidade com a entrada de Nuno Painho, o avançado conseguiu dar mais velocidade e dinâmica ao ataque, contando com um golo na reta final da partida. Remate bem colocado à entrada da área, a bola curva e vai direta ao angulo, não dando hipóteses de defesa.

Clube PT consegue uma vitória suada e ocupa o 3º lugar apenas a um ponto de diferença do 1º classificado.

Leave a Reply