FUTEBOL 7 ALVALADE – 10ª JORNADA

Após a pausa do Natal e do Ano Novo a Liga Empresarial voltou em força e logo com 3 embates que prometiam ser bastante equilibrados e a terem um peso no que se adivinha ser a classificação final desta época desportiva.

A C. Santos VP levou de vencida a Salt Services num grande jogo de futebol e permitiu à equipa da Mercedes fugir dos últimos lugares da tabela. A Mind Source confirma o seu bom momento de forma e vence a Companeo, estando ainda a tempo de lutar pelo pódio. No último jogo da noite, apelidado por muitos como ‘’jogo do título’’, o Casino Lisboa fez prevalecer a sua experiência e levou de vencida a Germano de Sousa, colocando-se em boa posição para garantir o tão ambicionado título.

Equipa da Semana:

Casino Lisboa merece o destaque de equipa da semana após uma vitória que os coloca perto do título. Luís Alves na baliza fez uma exibição portentosa com um conjunto de grandes defesas. Na defesa Joel foi o principal esteio, apoiado pelo rapidíssimo Nuno Dolores que faz a ala direita toda. Rúben Faria já é um habitué estar nos destaques pela capacidade de trabalho que imprime no jogo. O destaque vai para o regresso do ponta de lança Fabio Monteiro que com um hattrick foi a figura do jogo.

Flash Interview: Luís Alves (Casino Lisboa):

Jogador da Semana: Eduardo Cardoso (Mind Source):

Eduardo Cardoso surgiu da defesa diretamente para o ataque! Já presença habitual e com grande destaque na linha defensiva da Mind Source, desta vez deu uma perninha no ataque, e que que maneira, bisando na partida. Após uma partida muito focada no ataque, não só soube a altura certa para atacar, com soube quando a sua equipa precisava de si na linha defensiva e apareceu com assiduidade para impedir o golo por diversas vezes!

7 da Semana:

GR: Luís Alves (Casino Lisboa)

Defesa: Yohann Blanc (Companeo)

Médio: João Pitéu (C. Santos VP)

Médio: Ivan Sousa (Salt Services)

Médio: Eduardo Cardoso (Mind Source)

Avançado: David Cosmelli (Germano Sousa)

Avançado: Fábio Monteiro (Casino Lisboa)

 

Crónicas:

Santos VP 7 – 5 Salt Service

SANTOS VP ENTRA COM O PÉ DIREITO

Primeira partida da noite no Complexo Desportivo São João de Brito, num confronto que opunha a Salt Services que pretendia voltar às vitórias e a C. Santos VP que não queria perder de vista os lugares cimeiros.

Nos primeiros minutos de jogo as duas equipas dispuseram de boas ocasiões, se por um lado a C. Santos VP praticava um futebol apoiado enquanto que a Salt Services procurava chegar rapidamente ao ataque com bolas longa, procurando a velocidade dos 3 homens da frente. Ivan Sousa coloca a equipa da Salt Services em vantagem ao minuto 14, mas a C. Santos VP responde de imediato com um golo de Nuno Gomes. Antes do intervalo, Daniel Oliveira através de um pontapé de canto coloca a C. Santos em vantagem e João Pitéu mesmo no fim da primeira parte aumenta a contagem.

A segunda-parte foi de loucos. Logo a abrir a C. Santos VP faz o 4-1, numa altura em que a Salt Services permitia muito espaço no seu meio-campo defensivo e nem sempre as saídas rápidas iam tendo sucesso. João Pitéu ia brilhando no meio-campo da C. Santos VP e fazia todo o jogo da equipa girar em seu redor. Leandro Pereira faz o 4-2 num golo de grande efeito, mas logo de seguida Jesiel colocava novamente a diferença nos 3 golos. Nos últimos 10 minutos Nuno Gomes ainda coloca o resultado em 7-3 mas a Salt Services reduz em 2 minutos para o 7-5 final, com Ivan Sousa a completar o hattrick e a provar que a sua equipa jamais se dará por vencida facilmente.

Grande jogo para abrir 2020, com golos e incerteza no resultado. A C. Santos VP estabiliza a sua posição, enquanto a Salt Service tenta agora sair do último lugar da tabela.

 

Mind Source 8 – 0 Companeo

MIND SOURCE ENTRA NO ANO NOVO COM PÉ DIREITO

Num lado a Mind Source procura chegar aos lugares do pódio, do outro, a Companeo procura sair do fundo da tabela.

Com uma tática tradicional de 3-2 1 a Companeo inicia a partida voltada para a defesa, com a Mind Source chim linhas subidas e a pressionar contante no ataque. Yohann Blanc que já se mostrou como um pilar na defesa teve hoje foi o guarda redes de serviço, e que guarda redes! Após a ofensiva do Mind Source comandado pelo trio atacante Tiago Fernandes, Rodrigo Cotrim e Carlos Neves conseguem chegar ao golo. A Companeo não esteve para meias medias e num livre nas linhas de meio campo Marc dos Santos mandou uma bola a barra. Mos minutos finais do primeiro tempo a Mind Source voltou a sair por cima do jogo e voltou a finalizar com precisão pelos pés de Carlos Neves e Tiago Fernandes.

No segundo tempo, após primeira tentativa do Companeo de chegar ao golo, Eduardo Cardoso não foi de meias medidas e aumentou a vantagem no marcador para a Mind Source. Desta vez a Companeo mudou a sua tática para 2-3-1 e com Ericson dos Santos na baliza procuraram uma postura mais ofensiva, porém ficaram aquém do golo. A Mind Source soube pressionar com exatidão e fez as suas oportunidades virarem golo. Yohann Blanc que neste segundo tempo decidiu jogar na linha mais ofensiva procurou o golo, mas este não surgiu. A Mind Source teve carta branca para finalizar e não foi de meias medidas conseguindo um resultado final de 8 bolas a 0.

Vitória para a Mind Source que continua à procura do pódio.

Germano 2 – 5 Casino Lisboa

CASINO COM UM PÉ NO TÍTULO

Jogo grande da jornada com o título a ficar mais perto de quem ganhasse a partida.

Nada melhor do que entrar no novo ano com um jogaço destes. As duas equipas entraram com bastante respeito uma pela outra, sem querer dar qualquer centímetro no meio campo defensivo. Aos 4 minutos, o goleador Tiago Almeida num grande golo de pé esquerdo colocava a Germano Sousa em vantagem, porém o inevitável Fabio Monteiro consegue igualar logo de seguida. Um penalty e o bis de Fabio colocaram o Casino em vantagem. Numa primeira parte marcada por um Casino que, usava a velocidade nas alas para criar perigo enquanto a Germano Sousa optava por pisar terrenos mais centrais, vimos o Casino em crescendo e a conseguir levar a vantagem para a pausa.

Na segunda parte a Germano Sousa foi em busca do resultado, e subiu as suas linhas. Mauro Santos ia tentando a meia distância, mas Luís Alves estava em noite sim. Rúben Faria e Fabio Monteiro aumentariam a contagem, e David Cosmelli colocava o resultado em 4-2. O momento da noite chegou com o golaço de meio campo do defesa Joel estabelecendo o 5-2 final e deixando o Casino mais perto do título.

 

Leave a Reply