Final Nacional 2018 – Rescaldo

Sábado, 7 de Julho, o dia em que Castelo Branco acolheu a grande Final Nacional da Liga Empresarial.

Neste grande evento desportivo empresarial, foram 14, as empresas que se fizeram representar pelos seus colaboradores, no ponto alto da época. Através do Futebol 7 e Futsal, a prova envolveu mais de 200 pessoas, entre atletas, árbitros e organização.

Com a inesgotável colaboração da Câmara Municipal de Castelo Branco, a Liga Empresarial reuniu todas as condições para a organização de um torneio de excelência. A começar pelo almoço e sorteio realizado nas instalações do Instituto Politécnico de Castelo Branco, terminando no parque urbano e no pavilhão municipal, foram de elite, as condições proporcionadas a todos os envolvidos no evento.

No Futebol 7 a prova contava com participantes vindos de Lisboa, Porto, Oeiras e, não poderia faltar o representante local, a SIBS. Sempre por baixo de um sol fortíssimo, as empresas deram o seu melhor na perseguição do grande título. Jogo após jogo apenas os mais fortes iam resistindo e na grande final esperava-nos um Lisboa vs Porto, respectivamente Empark e Orange Toldos. As duas melhores equipas da prova não se conseguiram desempatar e foi necessário recorrer às grandes penalidades para se decidir o vencedor. Nesse particular a equipa de Lisboa foi mais forte e festejou efusivamente o título.

No Futsal, com representantes de Lisboa e Porto, TAP e Bueno Caffé, face aos seus percursos imaculados nas respectivas fases regionais, chegavam como os favoritos ao triunfo final. Após resultados muito equilibrados na 1ª fase, as equipas mais consagradas chegavam às meias-finais. Nesta fase da prova, mais um grande desafio, com os The Cage a eliminaram a TAP. Do outro lado, o Bueno Caffé chegava à final depois de duas eliminatórias muito equilibradas. Tal como no Futebol 7, a final colocava novamente Lisboa vs Porto, desta feita The Cage vs Bueno Caffé, mas com o vencedor a vir do Porto ao vencer por 6-3 num grande jogo de Futsal.

Porto e Lisboa, os dois maiores pólos da Liga Empresarial saíam de Castelo Branco empatados com um título conquistado. Oeiras, com a Alfabase em evidência, obteve uma honrosa meia-final, enquanto Castelo Branco teve na SIBS um grande representante, que mesmo competindo com equipas mais experientes conseguiu mostrar toda a sua valia, tendo sido apenas eliminada pelo futuro campeão.

Palavra final de agradecimento à Câmara de Municipal de Castelo Branco pela forma carinhosa e prestável que acolheu a Liga Empresarial e todos os seus participantes.

Leave a Reply