21-05-2018 22:00

Timeline

 
50'

Estatísticas do Jogador

No encontro mais esperado da jornada, RTP e GDBP, disputavam entre si a última vaga de acesso à 1ª Divisão. A derrota afastaria qualquer uma das equipas, enquanto o empate servia apenas ao Banco de Portugal.

A RTP entrou ciente das dificuldades do encontro, e numa aposta do treinador, apostou num 7 mais musculado, e nos primeiros minutos a escolha mostrou ser a mais correta. Muito forte nos lances de duelo a RTP ficava perto do golo por Paulo Passos em duas ocasiões, e ao terceiro aviso marcaria mesmo. Ricardo Gomes, numa grande jogada individual, passava pelo mais direto adversário e rematava colocado, fora de hipótese de defesa para Márcio. A RTP saía merecidamente na frente do marcador, mas num descuido acabaria por permitir ao BP empatar no minuto seguinte. Da marca de grande penalidade André Reis aumentava a sua lista de golos marcados nesta prova. A RTP continuava por cima do encontro, e pouco depois desperdiçava de forma incrível um lance de baliza aberta, Pedro Silveira fazia o mais difícil. Na jogada seguinte, André Reis copia Pedro e tem exatamente o mesmo desperdício. Lances muito semelhantes a rondarem ambas as balizas. Márcio neste momento era um dos melhores em campo, com intervenções de alto nível ia mantendo o empate. No entanto, aos 19’ nada conseguiu fazer para evitar o golo de Alex, que ganha e converte com sucesso uma grande penalidade.  O Banco, a precisar do empate, chegaria ao empate numa jogada iniciada por André Reis, à qual Pedro Macário resolve da melhor forma.

No segundo tempo a partida equilibrou. Era na mesma a RTP a ter a iniciativa de jogo, mas o Banco estava mais confortável, o que ia retirando algum protagonismo ao adversário. A bola rondava mais a baliza de Márcio, mas sem perigo eminente. A meio do segundo tempo o BP num lance algo fortuito consegue passar para a frente do marcador. Miguel Ferreira, com o peito, desvia o cruzamento para a baliza de Nuno. A RTP sentiu o golo e dois minutos depois, num lançamento atrasado, que saiu curto demais, permitiu a André Reis selar uma importante vantagem de dois golos. O golo poderia ter entregue a derrota à RTP, mas os jogadores têm um grande espírito, e foram à luta. Alex supersónico, consegue ganhar espaço dentro de área e reduzir a 10 min do fim. Já no penúltimo minuto, Alex tem o lance muito parecido ao anterior e o empate é restabelecido. O jogo estava perto do fim, e acabaria num lance fora do que foi o jogo. João Sá e Alex Martins envolvem-se numa altercação, o árbitro expulsa os dois e finaliza o encontro.

A RTP mostrou mais uma vez a sua tenacidade, a haver um vencedor seria justo que fosse o conjunto azul. O BP provou novamente que não é preciso ser a melhor equipa em campo a todo o momento para se atingirem os resultados. Muito experientes e mortíferos, mostraram que são candidatos a vencer a 1ª Divisão.

comentários

A Liga Empresarial

A Liga Empresarial é a maior competição desportiva entre empresas em Portugal. Disputa-se em várias cidades do País -  Porto, Lisboa, Oeiras e Castelo Branco - e em várias modalidades, das quais se destacam o Futebol 7 e o Futsal.

LE Facebook

©2018 Liga Empresarial. All Rights Reserved.

Search