19-04-2018 20:30

Timeline

 
50'

Perspetivava-se um grande encontro, não estivessem em campo duas grandes equipas, habituadas a vencer. Duelo entre dois vice-campeões, um de Oeiras e um da 2ª Divisão, Lusodente e SNPVAC respectivamente.

As equipas entraram em campo encaixadas uma na outra, a batalha era travada a meio campo. Belchior de um lado e Bruno Almeida do outro iam tentando sacudir a partida e criar desequilíbrios no adversário. Aos 10’ chegaria o primeiro golo da partida. Numa rápida recuperação de bola, a Lusodente lança rapidamente o contra-golpe e Pimenta isolado fatura pela primeira vez. Depois do golo inaugural, a partida tornou-se mais viva, com lances rápidos de ataque e resposta, aumentando a emoção do mesmo. No minuto seguinte, desconcentração defensiva do SNPVAC e Bruno Almeida em cima da linha de golo afasta o perigo evitando o 2-0. O mesmo jogador, os 18’, bem posicionado, corta o ataque da Lusodente, ganha espaço pela linha e cruza milimetricamente para Duarte Santos sem dificuldades encostar para a baliza. Estava feito o empate!  Mesmo em cima do intervalo, Luís Pimenta mortífero colocava a Lusodente novamente na frente do marcador.

O segundo tempo começaria novamente com Pimenta a faturar, novamente aproveitando as costas da defesa da SNPVAC. A perder por dois golos, o Sindicato teria que fazer mais caso não quisesse deixar os primeiros 3 pontos na posse do adversário. E assim o fez, Duarte Santos, confirmando uma excelente exibição, fazia um grande golo, relançando a partida. O coração tomava conta da partida, as equipas apostavam tudo em chegar ao golo, a bola rolava a uma velocidade estonteante e o espetáculo era excelente. O Sindicato pressionava em busca do empate, mas numa reposição de bola imprecisa, a Lusodente aproveitava para se colocar de novo com dois golos de diferença, Pimenta assinava o primeiro poker da época. A SNPVAC arriscava tudo para voltar ao encontro, e num lance de infelicidade David Cardoso faz um chapéu perfeito ao seu guarda-redes e com 3 minutos para jogar acaba com a dicussão do vencedor. Ainda assim, mesmo com uma tarefa impossivel pela frente, a SNPVAC não desistiu de chegar ao golo e foi recompensada com o golo de Rui Mendes da marca de grande penalidade já no último minuto de jogo.

Num encontro muito equilibrado a vitória acabou por sorrir à equipa que errou menos. Mérito para a Lusodente e Luís Pimenta, que souberam aproveitar as únicas falhas defensivas do adversário para fazer a diferença no marcador. As duas equipas mostraram, sem margem para dúvida, que irão discutir os lugares cimeiros da classificação.

comentários

A Liga Empresarial

A Liga Empresarial é a maior competição desportiva entre empresas em Portugal. Disputa-se em várias cidades do País -  Porto, Lisboa, Oeiras e Castelo Branco - e em várias modalidades, das quais se destacam o Futebol 7 e o Futsal.

LE Facebook

©2018 Liga Empresarial. All Rights Reserved.

Search