16-04-2018 21:30

Timeline

 
50'

Estatísticas do Jogador

No encontro que estreava a edição 2018 da Liga Primavera, Vesauto e Banco de Portugal eram os maiores protagonistas. Dada a qualidade conhecida de ambas as equipas era de se esperar um grande encontro de futebol.

As equipas não deixaram os créditos por mãos alheias e protagonizaram um grande espetáculo. Ambos os conjuntos emprestavam muita energia ao seu jogo, principalmente nas ações defensivas. O primeiro desequilíbrio surgiu à passagem do min 11, Nuno Augusto com espaço, levanta a cabeça e cruza milimetricamente para a cabeça de Renato Pires, que assim inaugura o marcador. Márcio Santos nada podia ter feito. A Vesauto era ligeiramente superior nestes instantes iniciais da partida, mas com a entrada em campo de André Reis, o jogo equilibrou, este aumentava os níveis de pressão sobre a bola e a aumentava a velocidade do jogo, algo com que a Vesauto demorou a estabilizar. O encontro chegaria ao intervalo com um golo a separar as equipas.

No segundo tempo, o Banco de Portugal entrou disposto a mudar o rumo da partida, e assim o fez. Num só minuto marcaria por duas ocasiões e passaria para a frente do marcador. André Reis muito importante neste aspecto, marcava o primeiro e assistia para o segundo, este da autoria de Luís Santos. A Vesauto, apanhada de surpresa, teria que voltar a concentrar-se caso quisesse retomar a liderança do encontro. Ao min 38, Miguel Ferreira tem uma entrada imprudente sobre Pedro Marcos, o jogador da Vesauto reagiu mal e recebeu ordem de expulsão. A Vesauto , agora reduzida a 6 elementos, teria uma difícil tarefa pela frente, no entanto, teria de imediato uma grande oportunidade para estabelecer o empate. O árbitro puxava o jogo atrás e assinalava a falta de Miguel Ferreira, grande penalidade a favor da Vesauto. O capitão não tremeu e fez o seu segundo do encontro. Com 10 min para jogar, e com vantagem numérica, o encontro estava de feição para o Banco de Portugal, mas inexplicavelmente era a Vesauto que criava mais perigo. Nuno Augusto, sentindo que a equipa precisava de si, puxava a bola para si e sozinho ia criando espaços na defensiva adversária. E numa combinação sua com Renato, surge o golo da vitória já nos últimos segundos da partida.

Grande encontro de futebol. A Vesauto, com muito querer e determinação ultrapassou uma situação negativa e derrotou o vice-campeão da época transata. O Banco de Portugal, depois de um grande início de segundo tempo, pagou cara a desconcentração nos últimos minutos. Serão certamente duas equipas a lutar pelos lugares cimeiros.

comentários

A Liga Empresarial

A Liga Empresarial é a maior competição desportiva entre empresas em Portugal. Disputa-se em várias cidades do País -  Porto, Lisboa, Oeiras e Castelo Branco - e em várias modalidades, das quais se destacam o Futebol 7 e o Futsal.

LE Facebook

©2018 Liga Empresarial. All Rights Reserved.

Search