13-11-2017 20:00

Time line

50'

Estatísticas do Jogador

Vesauto e SGS vinham de destinos diferentes, os amarelos tinham chegado ao seu primeiro triunfo após um começo menos auspicioso, já a SGS procurava neste seu segundo jogo reencontrar-se com os bons resultados.

A SGS teria uma tarefa difícil pois na ausência de um guarda-redes, João Serrasqueiro foi obrigado a recuar para a baliza. E o encontro não poderia ter começado de forma menos feliz, logo no inicio da partida após um contra-ataque rápido pela direita, Diogo Filipe picou sobre o guarda-redes adversário e fez o primeiro do encontro. A Vesauto ganhava a luta a meio campo e com isso mostrava-se mais perigosa, a SGS mostrava muita dificuldade em sair em ataque organizado. Sem surpresa, aos 14 min, após um passe longo, Diogo Filipe descobre Renato Pires já dentro de área e este sem oposição faz o segundo da sua equipa. Aos 20 min, na melhor jogada do encontro, uma excelente troca de bola com precisão e propósito só é parada por falta para grande penalidade. Renato Pires é chamado à conversão da grande penalidade e não falha! Ainda antes do intervalo, novo golo para a Vesauto, novo golo do endiabrado Diogo Filipe.

A SGS a perder por uma vantagem importante decidia mudar o ritmo da partida. Entrando mais forte no segundo tempo, foi pressionando a Vesauto e só não reduziu devido a uma excelente intervenção de Paulo Vítor. Mas a boa entrada da SGS no segundo tempo seria recompensada, Mauro Raposo iria mesmo reduzir à passagem do minuto 38, a tirar o defesa da frente e rematar cruzado após uma recuperação em zona alta. Por esta altura já João Carrasqueiro se aborrecia de estar na baliza e jogava autenticamente como um guarda redes avançado, e numa das suas investidas ganharia uma falta já numa zona perigosa, desse livre surgiria um penalti por mão de Hélder Costa. O mesmo João, chamado à conversão do castigo máximo não falharia. Esperança renovada para a SGS que se via apenas a dois golos do empate. Mas, a deitar as esperanças por terra, no minuto seguinte, após boa jogada da Vesauto, Diogo Filipe cai na grande área e o árbitro assinala novo penalti. Renato Pires não falha a oportunidade e dá uma machadada no encontro. Até final nota para o golo de Pedro Marcos, que aproveitando o espaço oferecido pelo adversário chega ao resultado final.

Grande primeira parte da Vesauto, pressionado o adversário e castigando-o com golos chegaram a uma vantagem larga que os permitiu gerir o resultado até final. A SGS após uma primeira parte de pouca intensidade, subiu de produção no segundo tempo e ainda chegou a assustar o adversário.

comentários

A Liga Empresarial

A Liga Empresarial é a maior competição desportiva entre empresas em Portugal. Disputa-se em várias cidades do País - Braga, Porto, Lisboa e Almada - e em várias modalidades, das quais se destacam o Futebol 7 e o Futsal.

LE Facebook

©2018 Liga Empresarial. All Rights Reserved.

Search