1
1

Timeline

 
50'

Estatísticas do Jogador

Nuno Ribeiro 7'    
    40' Akram Khan
    44' Akash Phad
Nuno Ribeiro 50'    

Jogo em atraso da quinta jornada, disputou-se o jogo entre a EPAL e IFAPT para acerto de calendário. A EPAL ainda com aspirações ao título, jogava diante da IFAPT, que procurava somar três pontos e subir na classificação. O jogo começou com o domínio da EPAL, que cedo quis resolver a questão e ofensivamente entrou muito forte, mas uma noite de muito vento, dificultou o jogo e diminui a capacidade dos gestos técnicos dos jogadores de ambas as equipas. De toda a maneira a EPAL ia acercando-se da baliza de Filipe Ferreira e decorria o minuto sete, o ‘camisa’ 7, Nuno Ribeiro, recebeu a bola, sobre a direita e rematou cruzado e rasteiro para o fundo da baliza, estava feito o 1-0 para a companhia das águas. Logo no minuto seguinte, grande remate de longe de Ivo Sequeira, para uma grande defesa de Filipe, com a luva a defender para canto. Minuto 15, reação da IFAPT, Ethan, fora da área, a rematar em zona frontal, com muito perigo, a bola a passar rente ao poste. Até ao intervalo a EPAL ainda teve algumas oportunidades para marcar, mas a pontaria estava desafinada e por isso vantagem mínima na etapa inicial.

Reatar do jogo e a IFAPT, começo a fazer a rotação dos jogadores, habitualmente mais utilizados, provavelmente por estratégia, pois a EPAL desgastou-se imenso na primeira parte e começou a denotar-se algum cansaço físico e com isso o jogo foi ficando mais equilibrado, com a EPAL a recuar muito no terreno de jogo, tentando explorar situações de contra-ataque. Era o jogo do ‘gato e o rato’ e as equipas usavam as armas que tinham. A EPAL entrou mesmo melhor na etapa complementar e logo no minuto inicial, Guilherme Ribeiro, numa grande jogada individual, a desembaraçar-se de três adversários, mas com pouco discernimento rematou por cima da baliza. Minuto 29 e outra vez ‘Gui’, em mais uma grande jogada, a rematar, com a bola a tirar ‘tinta’ ao poste. Quem não marca sofre… minuto 40, desatenção na defesa da EPAL, pouco lesta a afastar a bola para longe, o esférico a sobrar para Akram, em zona frontal a fazer o golo da igualdade. Até ao final, a EPAL tinha muitas dificuldades em libertar-se da pressão da IFAPT, mas acabou por ter a melhor oportunidade – minuto 46 - para desfazer a igualdade, passe de Miguel Furtado para Guilherme Ribeiro, no centro da área, a rematar de ‘bico’ mas para fora…  

Igualdade na partida, talvez algo injusta pelo que se passou ao longo do jogo, com a EPAL a desperdiçar muitas oportunidades, mas a IFAPT, na segunda metade do jogo, conseguiu também ‘empurrar’ o jogo para a baliza adversária, criando grandes dificuldades ao último reduto defensivo da EPAL. Com este empate é muito complicado – mas não impossível - a EPAL conquistar a Liga, pois embora jogue diante da Roady, podendo ultrapassá-la dependerá sempre do encontro da Alfabase.

comentários

A Liga Empresarial

A Liga Empresarial é a maior competição desportiva entre empresas em Portugal. Disputa-se em várias cidades do País -  Porto, Lisboa, Oeiras e Castelo Branco - e em várias modalidades, das quais se destacam o Futebol 7 e o Futsal.

LE Facebook

©2018 Liga Empresarial. All Rights Reserved.

Search