2
0
TVI

Timeline

 
50'

Estatísticas do Jogador

TVI
Hora Evento QTD

Jogo grande em perspetiva, duas das melhores equipas da edição anterior, nada mais nada menos que a TVI, detentora do título, diante da EPAL, única equipa que tinha vencido a TVI e por isso o jogo previa-se de enorme equilíbrio e fortes emoções.

A EPAL entrou a mandar no jogo e cedo mostrou a ‘sede’ de vencer, com a TVI, algo encolhida no terreno de jogo, ia tentando contrariar o maior domínio, com cirúrgicos contra-ataques. Começou a EPAL a acercar-se da baliza e ao minuto três, Nuno Ribeiro, a receber a bola na grande-área, a enviar a bola ao poste, ficava o aviso… Minuto oito, a EPAL chegou mesmo ao golo, diversos remates defendidos pelo guarda-redes e interceptados pelos defesas, a bola a sobrar para Miguel Furtado, no coração da área a ‘fuzilar’ para o 1-0. Reação da TVI, Bruno Caetano de fora da grande-área a rematar para grande defesa de Pedro Silva, com a bola ainda a bater na trave. A TVI continuava a tentar empatar o jogo e Edi, minuto 23, mais um remate de muito longe, com a bola a passar muito perto do poste, quase dava golo. Em cima do intervalo, livre frontal do capitão Bruno Caetano, a bola no ângulo e grande estirada de Pedro Silva, mais uma vez a evitar o golo, vantagem mínima da EPAL ao intervalo, com a TVI, a ter um amargo de boca, pois por aquilo que fez nos primeiros 25 minutos, merecia melhor sorte. 

Regresso ao jogo e a EPAL a entrar outra vez melhor, ao minuto 28, Ivo Sequeira, a rematar de pé esquerdo e bola na trave, depois de defesa de Bruno Rodrigues. Quatro minutos volvidos e a EPAL a chegar ao 2-0, cruzamento da direita e Nuno Ribeiro, no coração da área a aumentar a vantagem. A partir daqui, nova reação da TVI, a cair mais em cima da defesa da EPAL, e logo no minuto seguinte, Pedro Batista e rematar de longe para grande defesa. Até ao final, mais um lance digno de registo, com um livre direto de Edi para grande corte de cabeça de Paulo Grave. Jogo muito repartido e de enorme intensidade, a TVI desperdiçou algumas oportunidades, também muito por mérito do bloco defensivo da EPAL, que aproveitou, as poucas oportunidades que dispunha e por isso a conquistar os três pontos, consolidando o segundo lugar, com apenas três pontos de distância da líder Roady, mas com menos um jogo.  

Boas exibições individuais de alguns jogadores, pela EPAL. Paulo Grave foi enorme a defender e Miguel Furtado, muito bem no ataque. Do lado da TVI, Edi e Carlos Gomes, com exibições também de realçar. Particular destaque para o guarda-redes Pedro Silva da EPAL, a segurar a vantagem da sua equipa, com intervenções de grande nível.

comentários

A Liga Empresarial

A Liga Empresarial é a maior competição desportiva entre empresas em Portugal. Disputa-se em várias cidades do País -  Porto, Lisboa, Oeiras e Castelo Branco - e em várias modalidades, das quais se destacam o Futebol 7 e o Futsal.

LE Facebook

©2018 Liga Empresarial. All Rights Reserved.

Search