Timeline

 
50'

Estatísticas do Jogador

Jogo importante para a equipa da ROADY que queria manter a sua invencibilidade, num jogo complicado contra uma boa equipa. Inicio de jogo equilibrado com um ascendente atacante mais acentuado do que da equipa da Grafisol, conseguindo pressionar alto não deixando os médios contrários construir. A equipa do ROADY tenta sacudir a pressão com bolas longas colocadas nas linhas, e vai começando a equilibrar a partida, tendo sua a melhor oportunidade de golo por Nuno Ramalho, que remata forte por cima da barra. Aos 10 minutos, o golo de Luís Rebelo, de cabeça liberto de marcação e após livre bem marcado na direita do ataque, abria o marcador para a ROADY. Após o golo a equipa da Grafisol desconcentrou-se dando o controlo do jogo à equipa adversária, que ia aproveitando para levar perigo a baliza de António Carrola. Neste particular, destaque para Nuno Ramalho que ia dando lances para o guarda-redes contrário brilhar com algumas intervenções dignas de registo. Mas perto do final da primeira parte seria novamente Luís Rebelo a aumentar a contenda para 2-0, a cabecear novamente sem marcação na área, após a marcação de um canto da direita. Até final, o lance mais perigoso, foi protagonizado pela equipa da Grafisol. João Shim recupera uma bola a um defesa e remata perto da barra.

A segunda parte começa com a equipa do ROADY a querer resolver o encontro o mais depressa possível, com boas jogadas colectivas e em poucos toques, ia conseguindo chegar ao ultimo reduto contrário com alguma tranquilidade. Primeiro por Nuno Ramalho a rematar por cima e depois com Hugo Leal a obrigar novamente o guarda-redes António Carrola a brilhar. A equipa do ROADY procurava incessantemente o terceiro golo, sendo em jogadas individuais do seu homem mais avançado, ou pelos corredores laterais com boas trocas de bola. Mas o golo não surgia por desinspiração na hora da finalização ou devido à boa prestação de Carrola. A Grafisol, aproveitando odesperdício contrário ia conseguindo equilibrar a partida, com uma maior pressão aos homens do meio campo contrário. Não permitindo que estes construam jogadas de perigo principalmente por Miguel hall e Nuno Ramalho. E numa jogada de ataque rápida com a bola a ser colocada no avançado, já na área, com o defesa a fazer falta para grande penalidade, que seria bem concretizada por Ricardo Domingues a Grafisol reduzia. A ROADY sentiu um pouco o golo sofrido, e seria de novo a Grafisol a ter a melhor oportunidade para voltar a marcar com Euclides a rematar forte mas ao lado. A resposta da ROADY seria com golo, com Luis Rebelo a voltar a marcar e a fazer o seu terceiro na partida, fazendo, de alguma forma acordar a sua equipa que iria novamente equilibrar o jogo. Seriam os últimos minutos da partida jogados a um ritmo alto com ambas as equipas a poderem aumentar o marcado. Destaque na equipa do ROADY para Luis Rebelo que dispôs de um bom par de ocasiões para marcar, e que iria mesmo conseguir marcar e fazer o seu "póquer" no jogo, já perto do final da partida e da marca de grande penalidade e a fixar o 4--1 final.

Grande encontro de futebol entre duas equipas que jogaram para ganhar. António Carrola da Grafisol e Luís Rebelo da ROADY foram os homens em destaque de um belo jogo de futebol. A vitória da ROADY acaba por se ajustar face às oportunidades que dispuseram ao longo do torneio.

comentários

A Liga Empresarial

A Liga Empresarial é a maior competição desportiva entre empresas em Portugal. Disputa-se em várias cidades do País -  Porto, Lisboa, Oeiras e Castelo Branco - e em várias modalidades, das quais se destacam o Futebol 7 e o Futsal.

LE Facebook

©2018 Liga Empresarial. All Rights Reserved.

Search