Timeline

 
40'

Estatísticas do Jogador

    1' Pedro Barbosa
    3' Diogo Vieira
    12' Pedro Barbosa
    16' Eduardo Brás
Daniel Pinho 19'    
    23' Pedro Afonso
    29' Pedro Barbosa
    31' Pedro Afonso
    35' Pedro Afonso
Henrique Santos 38'    

Para manter viva a hipótese chegar ao pódio, a Novabase teria de vencer a MSF com uma diferença de 3 golos, tarefa que não seria nada fácil. Contudo graças a um fantástico jogo dos “reds”, o objectivo foi alcançado, muito graças à inspiração de Pedro Barbosa e de Pedro Afonso, autores de 3 golos cada um. A vitória começou a ser construída bem cedo, já que logo no 1º minuto, Pedro Barbosa inaugurou o marcador. A MSF apresentou-se algo adormecida e apática, pelo que o adversário não perdoou. Aos 3 minutos a Novabase já vencia por 2-0, desta vez com Diogo Vieira a inscrever o seu nome na lista dos marcadores. A MSF tinha em André Lourenço o elemento mais inconformado, mas a melhor oportunidade deste conjunto esteve nos pés de Tomás Fornelos, mas César Rodrigues com uma grande defesa, manteve a sua baliza inviolável. Como quem não marca sofre, foi novamente a Novabase a escalar no marcador. Primeiro foi Pedro Barbosa que recuperou a bola e só parou quando a entregou “ao conforto das redes” e depois foi Eduardo Brás, que do meio campo, com um “chapéu” fez o 4-0. Ainda antes do descanso, Daniel Pinho surgiu isolado, e com eficácia fez o 1-4 que deu algum alento à sua equipa para o 2º tempo.

Após o intervalo a dinâmica do jogo manteve-se, com a Novabase a continuar mais objectiva, com mais intensidade e mais eficácia, em relação ao adversário. Pedro Afonso que estava endiabrado, logo no recomeço fez o 5-1 com um remate pelo “buraco da agulha” e praticamente sentenciou a partida. Decorria o minuto 29, quando chegou outro momento do encontro. Pedro Barbosa numa grande jogada individual fez o 6-1. Pedro Afonso, outro jogador em evidência apontou mais dois golos, primeiro com um remate de longe e depois com um belo trabalho individual. Quem também brilhou, mas na defesa, foi novamente César Rodrigues, com mais uma grade defesa, desta feita a remate de Tiago Andrade. A fechar o encontro, o capitão Henrique Santos, combinou com Tomás Fornelos e finalizou para o 2-8 final.

Exibição de gala da Novabase que foi um justo vencedor. Uma equipa cada vez mais sólida e oleada. A MSF acusou em demasia as ausências de Pedro Cardia, Filipe Gonçalves e Hugo Roque. Pedro Afonso e Pedro Barbosa foram os rostos da vitória.  A Novabase necessita agora de repetir a proeza da 1ª volta, vencer a vice-líder Germano de Sousa, para chegar ao pódio, no seu último encontro do campeonato.

comentários

A Liga Empresarial

A Liga Empresarial é a maior competição desportiva entre empresas em Portugal. Disputa-se em várias cidades do País -  Porto, Lisboa, Oeiras e Castelo Branco - e em várias modalidades, das quais se destacam o Futebol 7 e o Futsal.

LE Facebook

©2018 Liga Empresarial. All Rights Reserved.

Search