Timeline

 
40'

Estatísticas do Jogador

Na última partida da jornada, a Germano de Sousa tinha a derradeira oportunidade de se intrometer na luta do título. Qualquer resultado que não a vitória complicaria de vez as chances de ultrapassarem os The Cage na classificação.

A Germano de Sousa entrou mais forte no jogo, Nanino Fernandes emprestava uma grande pujança física à sua equipa, enquanto Tiago Silva fazia a bola rodar com alguma clareza. Pese embora o melhor inicio do conjunto de preto, foi o conjunto azul a marcar primeiro. Hugo Palma com uma assistência primorosa encontrou David Pires, que liberto de marcação não falhou. Hugo Palma estava endiabrado era o comandante das tropas azuis. Com grande qualidade de passe e leitura de jogo aprimorada foi o principal responsável pela vantagem dos The Cage ao intervalo. Nanino e Fábio Teixeira eram os elementos destabilizadores da Germano. Nanino mais à base da atlecidade e força, enquanto Fábio se mostrava mais hábil tecnicamente. Após o golo, foi Ricardo Camões a brilhar, evitando por diversas vezes o avolumar do resultado.

O segundo tempo começaria de imediato com o golo da Germano de Sousa. Falta junto à linha de área, o primeiro remate é devolvido pela barreira e na recarga Fábio Teixeira bate Pedro Barreiro. O jogo estava muito intenso, com Palma e Nanino a acelerarem o encontro para as suas respectivas equipas. Aos 31’, os The Cage iriam passar novamente para a frente do marcador. Grande jogada colectiva e André Chen ao segundo poste encosta para o 2-1. A Germano teria que correr novamente atrás do prejuízo, mas desta vez, e na jogada seguinte, chegaria ao empate. Nanino ganha na força e remate sem hipóteses de defesa para Barreiro. O encontro aproximava-se do fim e o empate, teimoso, ia-se mantendo, nesta altura, face à classificação até eram os The Cage os mais beneficiados com este equilíbrio. Contudo, a equipa não joga para empatar, e na tentativa de chegar à vantagem, perderia a bola numa jogada de 5x4, com a baliza aberta, Fábio Teixeira fazia o banco da Germano saltar de alegria. Os The Cage, com apenas alguns segundos no relógio, voltaram a recorrer ao 5x4, desta feita para chegar ao empate, mas nova perda de bola daria a Duarte Cego a oportunidade de vestir a papel de herói e fechar o marcador em 4-2.

Grande vitória da Germano de Sousa que assim dá um passo em frente na luta pelo título, passando agora a depender apenas de si. Os The Cage, na tentativa de continuar a senda vitorioso, expuseram-se ao risco e foram penalizados com uma derrota que poderá ser decisiva nas contas do campeonato. Parabéns às duas equipas pelo excelente encontro de futsal que protagonizaram.

comentários

A Liga Empresarial

A Liga Empresarial é a maior competição desportiva entre empresas em Portugal. Disputa-se em várias cidades do País -  Porto, Lisboa, Oeiras e Castelo Branco - e em várias modalidades, das quais se destacam o Futebol 7 e o Futsal.

LE Facebook

©2018 Liga Empresarial. All Rights Reserved.

Search