Timeline

 
40'

Estatísticas do Jogador

Na última partida da noite, assistimos a mais duas equipas recheadas de qualidade e que proporcionaram um grande desafio. A MSF, em excelente forma, queria vingar a pesada derrota da primeira volta, mas por outro lado, os The Cage vinham com a armada quase completa, e queriam continuar a sua caminhada sem perder pontos. O jogo começou com o domínio repartido, e poucas oportunidades de parte a parte. À passagem do minuto 11, um dos momentos do jogo. Pedro Cardia, de costas para a baliza, rodou sobre o defesa e disparou um tiro que só parou nas redes adversárias. Estava feito o 1º do jogo. A vantagem poderia ter sido dilatada logo de seguida. Primeiro foi José Dias que evitou 3 contra-ataques muito perigosos. Depois foi Pedro Barreiro que com uma defesa de outro mundo, tirou o golo certo a Henrique Santos, depois de uma grande jogada de Pedro Cardia. Ao cair do pano do 1º tempo, destaque também para duas defesas fabulosas de Cláudio Pereira, que manteve a sua equipa em vantagem até ao intervalo.

No 2º tempo o registo do jogo alterou bastante. Os The Cage eram agora claramente a equipa mais perigosa, com a MSF a mostrar capacidade de sofrimento, e Cláudio Pereira, a continuar a revelar classe entre os postes. Os The Cage continuavam a apostar no 5 avançado, e à passagem do minuto 25, foi mesmo o gr Pedro Barreiro a assistir André Chen, que no local certo fez o empate. A MSF voltou a subir no terreno, revelando que só a vitória era do seu interesse. O relógio marcava o minuto 32, quando Artur Simões (The Cage) arrancou em contra-ataque e ainda fora da área atirou para o fundo das redes, com a bola a entrar no buraco da agulha. Estava feito o 2-1.  Até final a MSF tudo fez para impedir a derrota, mas do outro lado, esteve uma defesa segura eficaz e com as linhas muito juntas.

Grande jogo, onde apesar do resultado, ambas as equipas estão de parabéns. A MSF fez um dos seus melhores desafios, mas não teve a sorte do seu lado. Destaque para o gr Cláudio Pereira. Do outro lado, os invencíveis The Cage tiveram em José Dias o seu melhor elemento, sobretudo nos primeiros 20 minutos.

comentários

A Liga Empresarial

A Liga Empresarial é a maior competição desportiva entre empresas em Portugal. Disputa-se em várias cidades do País -  Porto, Lisboa, Oeiras e Castelo Branco - e em várias modalidades, das quais se destacam o Futebol 7 e o Futsal.

LE Facebook

©2018 Liga Empresarial. All Rights Reserved.

Search