15-03-2018 21:00

Timeline

 
50'

Estatísticas do Jogador

Ageas e ADCRPJ são as duas equipas mais experientes da competição, mas não é por isso que deixam de dar espetáculo. Nesta jornada esperava-se um grande encontro, algum favoritismo para o lado da Ageas, mas quem tem Carlos Cristão arrisca-se a ganhar.

A PJ entrou determinada a vencer e nos primeiros instantes foi João Afonso que brilhou na baliza da Ageas. Ele e Carlos Cristão travaram um duelo muito interessante e em tres ocasiões saiu por cima o guardião. A PJ não marcou, marcou a Ageas por intermédio de Vítor Martins da marca de grande penalidade, a castigar falta de Jorge Amaral sobre o “Mister” José Alves. A PJ não se deixou afetar e aos 6’ empatava. Carlos Cristão rematava em força, a bola saía desviada da baliza, mas ao embater fortuitamente em Branco entrava na baliza. Estava feito o empate.  No entanto, pouco depois a Ageas, mesmo não estando por cima do encontro, marcava novamente. Marco Silva, colocava a bola de área a área e Vítor Martins desviava de Abílio Gonçalves e fazia o golo. O jogo estava bom, parada e resposta. E novamente o empate. Carlos Cristão de cabeça dava alguma justiça ao marcador. Mas a Ageas estava mortífera. Os seus avançados em grande forma, e desta vez era Rui Vilar a estrear-se no encontro com o terceiro golo da sua equipa. A PJ sentou o golo, e antes do intervalo deixava a Ageas fugir no marcador, grande jogada de Pedro Gonçalves e golo do irrequieto Vítor Martins.

No começo do segundo tempo foi Marco Silva a entrar na lista de marcadores da partida. Conduziu a bola desde a sua baliza e após passar o meio campo rematou colocado, batendo o guardião Rui Ferreira. A Ageas parecia estar a fugir para um resultado tranquilo, mas Carlos Cristão respondia com um golo e colocava esperança nos seus colegas. O jogo estava intenso, com oportunidades de golos em ambas as balizas. Seria Rui Vilar a marcar o próximo golo do encontro. A Ageas estava de novo confortável no marcador, mas 3 min volvidos, aos 37’, Carlos Cristão da marca de grande penalidade fazia o 6-4. A partida continuava em aberto, mas a Ageas muito coesa não dava muitas oportunidades ao adversário. Com naturalidade, aproveitando o avanço territorial do adversário a Ageas marcaria por mais duas ocasiões.

Numa noite memorável para os avançados foi a Ageas que levou os 3 pontos. O resultado acaba por se ajustar no computo geral da partida. De ressalvar, entanto, a grande primeira parte da ADCR Polícia judiciária que não merecia a desvantagem ao intervalo.

 

comentários

A Liga Empresarial

A Liga Empresarial é a maior competição desportiva entre empresas em Portugal. Disputa-se em várias cidades do País -  Porto, Lisboa, Oeiras e Castelo Branco - e em várias modalidades, das quais se destacam o Futebol 7 e o Futsal.

LE Facebook

©2018 Liga Empresarial. All Rights Reserved.

Search