26-03-2018 21:00

Timeline

 
50'

Estatísticas do Jogador

Ricardo Silva 7'    
Nuno Martins 15'    
    26' Ibraimo Ceita
Nuno Antunes 29'    
João Trancoso 34'    
    36' Máximo Antunes
Alfredo Pereira 45'    
    50' Vitaliy Kurtysh

Em dia de jogos em atraso, o primeiro encontro da noite Empark e Clube PT mediam forças num duelo muito interessante. Os primeiros procuravam chegar-se à frente da classificação enquanto os segundos procuravam fugir ao último lugar de despromoção.

O Clube PT ciente da importância deste encontro, trouxe a equipa na máxima força e desde cedo mostrou ser capaz de discutir o encontro de igual para igual com a poderosa Empark. A confirmar essa ideia, o Clube PT chegou ao golo logo aos 7’ de encontro. A bola, caprichosamente, vai ter com Ricardo Silva, já na pequena área e este oportuno faz o mais fácil. A Empark tentou reagir, colocou mais vontade no seu jogo e foi pressionando o adversário. No entanto, em contra-ataque, Nuno Martins em alta velocidade, coloca a bola dentro da baliza de Herlander Sousa. A Empark iria continuar a sua pressão, mas a PT muito bem trabalhada defensivamente não dava hipóteses à ofensiva adversária.

Depois de uma grande primeira parte do Clube PT não se afigurava fácil a tarefa da Empark, ainda para mais depois de uma parte sem golos. Mas logo no recomeço de jogo, Ibraimo Ceita, do meio-campo, disfere um remate potente que só termina nas redes de João Martins. A Empark tinha agora esperança redobrada de reentrar na partida. No entanto, na sequencia de um livre direto de João Trancoso, Nuno Antunes oportuno, aproveita a defesa incompleta de Sousa para dar alguma tranquilidade à sua equipa. A PT estava bem no encontro, já a Empark a precisar de golos, adiantava as suas linhas e deixava apenas Ceita para defender. Ao expor-se defensivamente, Nuno Martins, numa grande arrancada da esquerda para o meio, descobre Trancoso isolado, que não tem dificuldades em aumentar a vantagem aos 34’. A ganhar por 4-1, a PT preocupou-se exclusivamente em gerir o resultado. Aos 36’, a Empark reduz por Máximo Antunes, que de livre direto, coloca a bola no canto superior direito, sem dúvida o melhor golo do jogo. A Empark continuava a pressionar, mas a PT defendia-se bem. Já no último lance do jogo, Marco Pombo perde a bola em zona proibida, e Rogério Ferreira aproveita para assistir Vitaly para o golo. A Empark ainda se empolgou, mas o jogo acabaria segundos depois.

Grande vitória do Clube PT que soube gerir a vantagem até final. Coesa a defender e selectiva no ataque, soube nos momentos certos fazer a diferença e foi recompensada com a vitória. Bastará empatar na última jornada para confirmar a permanência. Já a Empark, em nada a derrota mancha o percurso que esta equipa tem vindo a fazer, precisa apenas de triunfar no último encontro para festejar o bicampeonato.

comentários

A Liga Empresarial

A Liga Empresarial é a maior competição desportiva entre empresas em Portugal. Disputa-se em várias cidades do País -  Porto, Lisboa, Oeiras e Castelo Branco - e em várias modalidades, das quais se destacam o Futebol 7 e o Futsal.

LE Facebook

©2018 Liga Empresarial. All Rights Reserved.

Search