19-06-2017 21:00

Time line

50'

Tal como era expectável e foi perspetivado, ambas as equipas entraram em campo a demonstrar que não vinham para brincar e resultado disso é a existência de um golo para cada lado decorrido apenas um minuto de jogo, que início de jogo incrível! O primeiro golo foi apontado pelos The Cage e da autoria de Bruno Pereira concretizando com muita classe após excelente jogada coletiva e assistência de Sandro. Logo de seguida, surgiu o empate da Lactalis apontado por Tiago Almeida com o seu instinto matador após cruzamento de Joãozinho. O jogo após esta entrada de loucos acalmou um pouco e ambas as equipas fecharam-se melhor na sua defesa com o intuito de não serem surpreendidas e ficarem em posição de desvantagem que poderia ser fatal para o desfecho do jogo. À passagem do sétimo minuto, o homem do jogo, Bruno Pereira voltou a adiantar os The Cage na frente do marcador finalizando, mais uma vez, uma jogada de insistência. Os The Cage mostravam-se muito pressionantes e demonstravam imensa qualidade na sua troca de bola o que lhes permitiu ter o controlo do jogo e retirar bola à Lactalis anulando qualquer tipo de investida adversária. Com o aproximar do final da primeira parte a Lactalis realizou uma pressão alta muito forte com o intuito de não ir para o intervalo em desvantagem mas os The Cage defenderam muito bem e conseguiram inclusive, através de contra-ataque, ampliar a vantagem para 3-1 através de uma excelente jogada individual de Naim. Apesar do golo sofrido, a Lactalis insistiu na pressão alta e essa mesmo deu resultado com Joãozinho a conseguir reduzir a desvantagem para apenas um golo de diferença mesmo antes do intervalo. Desta forma, os The Cage levavam para a segunda metade do jogo uma vantagem de apenas um golo e, tendo em conta este cenário, seria de esperar uma segunda parte de alto nível onde a Lactalis tentaria de tudo para anular a vantagem dos The Cage.

A segunda parte foi extremamente emotiva e cheia de emoções onde todos os lances eram disputados com a máxima entrega e raça. A Lactalis optou por continuar a pressionar alto para tentar obrigar a equipa adversária a cometer erros perto da baliza e rapidamente tentar alcançar o empate todavia os The Cage realizavam uma circulação de bola quase perfeita com todos os jogadores a realizarem uma rotação perfeita em campo que permitia sempre ao jogador com a posse de bola ter uma ou mais linhas de passe e manter a posse de bola durante largos períodos do jogo. Tendo em conta isto a Lactalis obteve muito poucas oportunidades de golo e sempre que as teve, Bino revelou-se uma montanha que se erguia entre os postes anulando qualquer hipótese de golo. Ao nono minuto de jogo, Sandro Moreira, numa jogada individual pela linha, conseguiu aumentar a vantagem para os The Cage dando uma almofada mais confortável até ao final de jogo. Com cerca de metade da segunda parte ainda para disputar a Lactalis decidiu colocar a carne toda no assador mas os The Cage forma perfeitos a nível defensivo nesta segunda parte não sofrendo qualquer golo e obtendo assim uma excelente vitória que originou a conquista da taça!

comentários

A Liga Empresarial

A Liga Empresarial é a maior competição desportiva entre empresas em Portugal. Disputa-se em várias cidades do País - Braga, Porto, Lisboa e Almada - e em várias modalidades, das quais se destacam o Futebol 7 e o Futsal.

LE Facebook

©2018 Liga Empresarial. All Rights Reserved.

Search